09/03/2017 às 17h19min - Atualizada em 09/03/2017 às 17h19min

Academias ao ar livre entregues pelo Governo de Minas proporcionam convívio e prática física à população

No ano passado, 260 conjuntos de equipamentos foram doados a 148 cidades. Somente em 2017 já foram entregues mais 105 academias para 74 municípios

SEGOV - Governo de Minas - Central de Imprensa

Divulgação/Prefeitura de Capitólio

As tradicionais praças das cidades mineiras ganharam mais uma função social com as entregas das academias ao ar livre, pelo Governo de Minas Gerais. Os equipamentos coloridos e de fácil uso despertaram na população de vários municípios o gosto pela malhação.

Exemplo disso pode ser visto em Capitólio, no Território Sudoeste. Segundo a professora de Educação Física, Luana Terra de Oliveira, os frequentadores da Praça da Orla trocaram o sedentarismo pelas atividades aeróbicas e ginásticas localizadas. 

“A academia é frequentada por pessoas de todas as faixas etárias. Os idosos são os principais beneficiados com a atividade física, já que o exercício propicia melhor condicionamento físico”, comenta Luana.

Já o estudante João Pedro de Lima Santos, de 17 anos, de Poço Fundo, no Território Sul, conseguiu economizar o valor que pagava para treinar em academia convencional desde que os aparelhos ao ar livre foram instalados no município.

“Treino todos os dias. Os equipamentos são ótimos e proporcionam o mesmo desempenho daqueles que estão em uma academia convencional”, compara o jovem. 

O estudante cita, ainda, a vantagem de aproximar as pessoas. “A praça fica cheia. Muitos jovens, que antes ficavam ociosos, agora ocupam a praça com atividade física”, relata.

 

Política pública

Para o secretário Wadson Ribeiro, titular da Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento e Fóruns Regionais (Seedif), além de atender às demandas da sociedade colhidas durante a realização dos Fóruns Regionais de Governo, “a instalação das academias ao ar Livre tem como principal objetivo a democratização à prática de atividades físicas e melhoria na qualidade de vida”. 

Os aparelhos são instalados em praças e locais públicos abertos, com o objetivo de proporcionar gratuitamente, além da prática de exercícios físicos, um espaço de lazer e interação social para as comunidades. No conjunto de equipamentos de ginástica estão simuladores de caminhada, esqui e cavalgada, além de bancos para exercícios para as pernas e braços.

 

Como funciona

Módulos com diversos aparelhos estão em instalação nos 17 Territórios de Desenvolvimento, por meio de convênios e termos de doação do Governo de Minas Gerais, através das secretarias de Estado de Governo e Esportes, com as prefeituras.

As prefeituras definem o local ou praça em que será instalada a academia. Cabe também ao município a preparação do terreno ou local para receber os equipamentos, bem como o profissional que irá acompanhar o usuário.

No ano passado, 260 conjuntos de equipamentos foram doados a 148 cidades. Em 2017 já foram entregues 105 academias para 74 municípios.

A administração estadual investirá, entre 2016 e 2017, R$ 8,6 milhões na ação. O secretário de Esportes em exercício, Ricardo Sapi, enfatiza a importância do poder público em despertar o interesse das pessoas para o exercício físico, mostrando que é possível levar o esporte para a rotina do ano inteiro.

“Um programa como esse tem um relevante alcance social por envolver a população em atividades físicas que abrangem as dimensões de saúde e lazer, estimulando a interação democrática com os espaços públicos”, afirma Sapi.

 

Próximas entregas

Novas entregas de 93 academias ao ar livre estão previstas até o final deste mês para cerca de 60 municípios, segundo a Seesp. Veja a lista dos próximos municípios contemplados.

Além disso, outras nove cidades ainda devem ter suas entregas programadas nos próximos meses. Para a finalização de outras 56 doações, o Governo de Minas Gerais aguarda o recebimento dos documentos por parte dos municípios.

Link
Tags »
Academias ao ar livre entregues pelo Governo de Minas proporcionam convívio e prática física à população
Notícias Relacionadas »
Comentários »