11/03/2017 às 21h00min - Atualizada em 11/03/2017 às 21h00min

Lula pede proteção a frei ameaçado por criticar mineração em Muriaé

Brasil 247

O frei Gilberto Teixeira, de 48, franciscano da Fraternidade Santa Maria dos Anjos, pároco da igreja de Santo Antônio, em Belisário, distrito de Muriaé (MG), vem sofrendo intimidações de setores da mineração em Minas. 

Segundo informações do jornalista Marcelo Auler, no domingo, 19 de fevereiro, após celebrar uma missa, o religioso foi abordado na casa paroquial por um desconhecido que o ameaçou com arma em punho.

“Frei, o senhor está falando demais em mineração. Estou vindo aqui só para dar um aviso. Da próxima vez, se eu vier, não será agradável para o senhor. É para o senhor parar de falar de mineração nos seus espaços e aonde o senhor for”. 

O caso chegou ao conhecimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Auler, Lula solicitou ao ex-secretário geral da Presidência da República e diretor do Instituto Lula, Luiz Dulci, para se inteirar da situação do frei Gilberto junto ao secretário de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania do governo de Minas, Nilmário Miranda, que foi ministro chefe da Secretaria de Direitos Humanos do governo Lula. 

Segundo Marcelo Auler, Nilmário estará em Belisário na próxima terça-feira, 14, para um encontro pessoal com Frei Gilberto – “que é nosso amigo, já era amigo nosso em Betim”. Levará a oferta do ingresso do religioso no programa de proteção dos defensores dos Direitos Humanos. “É um programa do Estado de Minas. Vamos mostrar como funciona, que tipo de proteção podemos oferecer. Ele não precisará sair do lugar em que vive. Antigamente, ninguém queria essa proteção porque para proteger tinham que mudar de cidade. Nós adaptamos o programa e hoje não precisa mais”, explicou.

Leia na íntegra reportagem de Marcelo Auler sobre o assunto.

Link
Tags »
Lula pede proteção a frei ameaçado por criticar mineração em Muriaé
Notícias Relacionadas »
Comentários »