23/07/2016 às 15h24min - Atualizada em 23/07/2016 às 15h24min

68% dos leitores considera prioritário em Leopoldina a geração de empregos

Claro que pensando com otimismo de que a crise vivida atualmente vai ser superada e que dias melhores virão.

Luiz Otávio Meneghite

CD da Zema - exemplo de comércio fechado
As enquetes do jornal Leopoldinense, em sua maioria, são sugeridas por leitores em contatos pessoais ou por e-mail’s enviados à Redação. Assim, a que passa agora a ter o seu resultado analisado, surgiu de sugestão apresentada por um grupo de jovens estudantes em visita ao jornal.  Foram muitos os itens mencionados por eles e os mais citados foram selecionados como opção de respostas para a enquete: O que você considera prioritário em Leopoldina?

Através dos grandes jornais da televisão e via internet, temos acompanhado notícias sobre demissões em empresas de pequeno, médio e grande porte. A situação atual do nosso país, infelizmente não é boa. A economia mundial de modo geral e a brasileira também, vem passando por dificuldades consideráveis. Estamos atravessando um período conturbado para o desenvolvimento profissional e empresarial.

Em Leopoldina, de um ano para cá, cresceu o número de anúncios como: ‘passa-se este ponto’ ou ‘aluga-se esta loja’, no centro comercial da cidade. Também nos bairros é grande o número de pontos comerciais ou industriais fechados, o que era raro há uns dois anos. Isso resultou na queda dos preços de aluguéis no setor empresarial.

Consequentemente, as oportunidades de trabalho também são raras e quando surgem são agarradas com unhas e dentes. Processos seletivos e concursos no serviço público recebem número de inscrições surpreendentes, mesmo quando os salários oferecidos não são lá grandes coisas. Profissionais de nível superior disputam oportunidades de trabalho com pessoal com formação de nível médio.  Chega a ser desolador o ambiente nos SINE’s de todas as cidades onde ele existe e em Leopoldina não é diferente, com a sala sempre cheia para a homologação de rescisões de contratos de trabalho.
Aurora Texti-l exemplo de indústria fechada
Por isso, não chega a surpreender o resultado da enquete que aponta como prioritário em Leopoldina, a geração de empregos, opção apontada por 68% dos 219 leitores que participaram da votação. Problemas do cotidiano, antes apontados com mais ênfase na relação de reclamações da população como a falta de moradia popular ou a criação de mais linhas de ônibus urbanos foram menos votados, com apenas 6% cada um na opção dos leitores. A reivindicação por novos cursos técnicos e superiores aponta o percentual somado de 20%, o que nos leva a uma leitura de que os jovens querem mais opções para se qualificar profissionalmente e assim ficarem aptos a entrarem, mais à frente, na disputa por uma vaga bem remunerada no mercado de trabalho. Claro que pensando com otimismo de que a crise vivida atualmente vai ser superada e que dias melhores virão.

 

Link
Tags »
68% dos leitores considera prioritário em Leopoldina a geração de empregos enquete
Notícias Relacionadas »
Comentários »