07/11/2016 às 07h12min - Atualizada em 07/11/2016 às 07h12min

36% dos leitores indicam continuidade das obras do Pronto Socorro e do CTI da CCL como prioridade para o novo governo municipal

Incentivo à incubadora de empresas do Cefet e estacionamento rotativo vem na sequência

Edição: Luiz Otávio Meneghite

Segundo os dicionários, prioridade significa eleger o que vem em primeiro lugar, ou seja, o que mais importa para nós. Assim, com base em reivindicações encaminhadas ao jornal Leopoldinense, via facebook e por e-mail’s, colocamos mais uma enquete disponível para votação pelos nossos leitores para que eles pudessem se manifestar livremente e anonimamente. Temos conhecimento que as autoridades, sejam elas do Executivo ou do Legislativo, tanto em âmbito municipal, estadual ou federal, tem pessoas que as assessoram acompanhando com atenção nossas enquetes e irão se manifestar sobre elas em algum momento de suas atribuições. Por isso, conclamamos os leitores a votarem em uma das opções disponibilizadas, escolhendo, do seu ponto de vista a prioridade para melhorar a qualidade de vida da comunidade leopoldinense.

O infográfico ilustra o resultado da enquete:



 
Novo Pronto Socorro e novo CTI tem suas obras paralizadas

36% dos leitores indicaram a continuidade das obras do Pronto Socorro e do CTI da CCL como prioridade para o novo governo municipal. O prefeito José Roberto de Oliveira sempre fez questão de dizer que a parceria com a Casa de Caridade Leopoldinense foi uma das alternativas encontradas pela Prefeitura para melhorar as condições do Pronto Socorro Municipal e ampliar a oferta de leitos no CTI. Ele também sempre fez questão de deixar claro que com o apoio dos deputados estadual, Antônio Jorge e federal, Marcus Pestana foi possível iniciar as duas importantes obras no município de Leopoldina. Quem passa na região do Hospital, percebe que as obras avançaram muito em sua estrutura, mas hoje estão paralisadas. Se forem retomadas, essas obras, com certeza, vão reorganizar a estrutura física dos serviços de atenção de urgência e emergência e com isso desafogar o fluxo de pacientes do Pronto Socorro no Hospital. Ganhariam com isso os profissionais da saúde e os usuários, com a melhoria das condições do atendimento e de trabalho. Mas, os recursos financeiros para sua conclusão dependem do Governo do Estado.
 


Cefet Leopoldina incorpora imóvel que pertenceu ao DNIT ao seu patrimônio

A segunda opção mais votada na enquete, com 19% de preferência dos leitores, foi  incentivar a incubadora de empresas do Cefet. A sensibilidade dos leitores coincidiu com o pensamento da direção do Cefet que soube aproveitar a oportunidade que surgiu em seu caminho ou, como se diz no interior: “montou no cavalo que passou arriado”. A Unidade Leopoldina do CEFET-MG acaba de obter uma importante conquista.  O imóvel localizado na Rua José Peres, número 248, antes utilizado pelo DNIT, está sendo incorporado ao CEFET. Ao saber que o imóvel havia sido devolvido para a União, a atual diretoria, em conjunto com a diretoria geral do CEFET-MG, não mediu esforços para mais esta conquista. No local será criado o Núcleo de Empreendedorismo e Inovação do CEFET-MG. Esse Núcleo vai viabilizar a integração das atividades da Nascente Incubadora de Empresas (dentre elas o apoio aos projetos residentes de pré-incubação e incubação e a oferta de cursos para empreendedores da incubadora e externos); da Coordenação da ENCAUTECH Empresa Júnior; da Coordenação de Inovação Tecnológica (que cuidará da parte de propriedade intelectual dos projetos internos e externos) e de outros projetos como o PET  – Programa de Educação Tutorial da Unidade Leopoldina.


Estacionamento rotativo foi a terceira opção dos leitores com 15%

A terceira opção mais bem votada na enquete, com 15% dos votos, foi a implantação do estacionamento rotativo nas ruas do centro de Leopoldina, onde o trânsito cada vez mais caótico, apesar da recente implantação de sinalização, proporciona dias de verdadeira tortura para quem tem que ir a bancos e ao comércio, cuja concentração naquela região dificulta o encontro de vagas para estacionar.
Estacionamento rotativo(Imagem meramente ilustrativa)

As opções menos votadas

Foram várias as opções colocadas à disposição do leitor do jornal Leopoldinense como: instalação de câmeras de monitoramento; recuperação de praças; melhorar a limpeza pública; criar infraestrutura nos pontos turísticos; criar mutirões de cirurgias eletivas; criar aplicativo para atendimento à população e fiscalizar e criar políticas prioritárias de distribuição das subvenções. O fato delas  terem recebido percentual de votação menor não diminui a importância delas no contexto de carências da população leopoldinense. O resultado ai está para ser avaliado pelas autoridades, que podem coloca-las ou não em execução. Vai depender da sensibilidade de quem detém o Poder e da cobrança da sociedade.
Câmera de monitoramento(Imagem meramente ilustrativa)

Link
Tags »
36% dos leitores indicam continuidade das obras do Pronto Socorro e do CTI da CCL como prioridade para o novo governo municipal
Notícias Relacionadas »
Comentários »