25/06/2016

1924 - Curas espirituais do Prof. Mozart Teixeira no então distrito leopoldinense de Recreio.

Religião



Sinopse

Curas milagrosas do Professor Mozart, médium espírita que atendia na Estação de Recreio. Apresentado por Nóbrega da Cunha, Secretário da Sociedade Brasileira de Estudos Psíquicos. A divulgação das curas mediúnicas do Centro Espírita de Recreio era feita pelo jornal Vanguarda, através do seu jornalista Rubey Wanderley. A Estação de Recreio e sua rua "de terra, próximas às casas baixas, de um lado, e os trilhos de estrada de ferro do outro". O "velho casarão", onde funcionava o Centro Espírita, pela sua pobreza lembra "o estábulo onde nasceu o Cristianismo". O atendimento do professor Mozart de doentes que estão nos hotéis do lugar e não podem locomover-se até o Centro. Logo de manhã, os doentes já o esperam. Mas a maioria dos pacientes se concentra em frente ao Centro, sentados ou abrigados em "barraquinhas". A clientela do Professor constitui-se de doentes com os mais diversos problemas: "Tabes Dorsalis", "Tabes Spinalis" ou "encosto", paralisia parcial ou total, nefrite, "obsessão", "estado letárgico", epilepsia e "encefalite letárgica". Uso de linha férrea como guia para os doentes, principalmente em casos de paralisia. O professor realiza sucessivas sessões de curas em que os pacientes são indicados pelo seu nome, idade, procedência e endereço. O Professor Mozart é homenageado com um jantar íntimo no Hotel Pinho pelos jornalistas que foram à Estação de Recreio. O deputado Ribeiro Junqueira e "políticos da localidade" visitam o Professor. Fachada da sede do jornal Vanguarda no Rio de Janeiro, com meninos jornaleiros na rua.


Produção - A. Botelho Filme

Fonte da sinopse: Cinemateca Brasileira - Vídeo postado no You Tube por Flaviadt

 

Link
Tags »
1924 - Curas espirituais do Prof. Mozart Teixeira no então distrito leopoldinense de Recreio.
Assista também »
Comentários »