03/09/2019 às 14h08min - Atualizada em 03/09/2019 às 14h08min

Impeachment: DERROTA OU VITÓRIA?

Edson Gomes dos Santos

É... o Brasil “fervendo” com os – justos, oportunos e essenciais -  manifestos estudantis em favor da EDUCAÇÃO, e o presidente Bolsonaro  lá em Dallas, Texas, recebendo homenagem como “Personalidade do Ano”, concedido pela Câmara do Comércio EUA-Brasil.

Tal premiação seria realizada em Nova Iorque, porém os protestos contra sua presença como se fora um pária, tornaram-no persona non grata naquela cosmopolita cidade, conhecida como “Capital do Mundo”.

Bolsonaro declara que os estudantes são idiotas e inocentes úteis nas mãos de manipuladores, políticos ou não, esquecendo-se que a EDUCAÇÃO é base fundamental para os progressos pessoais, coletivos e nacionais.  

A Alemanha divulgou haver destinado 140 bilhões de EUROS para estímulo à educação e pesquisas científicas, certa de que para cada Euro ali investido haverá RETORNO de, pelo menos 10 EUROS em favor da Nação e seus habitantes.

Antes da viagem, Bolsonaro declarou que nesta 3ª semana de maio ocorreria um tsunami, o que efetivamente ocorreu, ao serem divulgadas as investigações do Ministério Público sobre seu filho 01 Flávio, Queiroz, parentes e amigos “bolso...náricos”: 95 quebras de sigilos.

Dia 15 último o filho 02, Carluxo, tuitou que o que está por vir, pode derrubar o Capitão eleito, antevendo o estrago “tsunâmico” causado pelas investigações do Ministério Público-RJ, pois elas contemplam um longo período, qual seja, desde 2005.

Tancredo Neves, numa das suas frases de efeito, recomendava que nunca se deixa um oponente sem a opção de uma saída HONROSA,  conforme o sábio dito: Mais vale um mau acordo do que uma boa demanda (pois, no futuro e com as voltas que o mundo dá, as situações e os papéis poderão apresentar-lhes INVERTIDOS).

Já aparecem rumores de impeachment do Bolsonaro; economia caminhando para recessão; desemprego em alta; divergências político-religiosas; laicidade do Estado sendo ignorada; Tesouro Nacional em curso de falência; elevação do custo de vida; combustíveis (NEM SE FALA); etc., e, TUDO isso na “fervura” político-econômica, não dá bom “caldo”.

Tudo isso não seria proposital – Carluxo & o Papai? - visando gerar um impeachment?

Recolocar o Brasil nos “trilhos” é tarefa em que Bolsonaro & Cia. mostram-se INCOMPETENTES; deixar o “Titanic” Brasil (sim, Bolsonaro é o iceberg) afundar, marcará indelével, histórica e negativamente a biografia (já tão obscura) do Bolsonaro.

Caro Leitor, qual “saída” você, caso fosse consultado, aconselharia Bolsonaro adotar:

a) RENUNCIAR/convocar nova eleição, gravando tal ato de GRANDEZA em sua biografia; ou,
b) Através de mandos e desmandos; tuitagem do Carluxo; declarações ambíguas; etc., “cavar” um IMPEACHMENT visando “sair por cima” e poder BRADAR, para o resto dos seus dias que não pode governar em decorrência do impeachment.

Se para outros Presidentes impeachment foram DERROTAS, para Bolsonaro, infiro, será uma VITÓRIA ...apesar de TODOS nós sabermos que VITORIOSO será o Brasil.

Edson Gomes Santos – Divinópolis – 16.05.2019

Link
Relacionadas »
Comentários »