21/10/2019 às 08h49min - Atualizada em 21/10/2019 às 08h49min

O POETA DA PRAÇA

Waldemar Pedro Antônio
O  prólogo  deste  poema  descreve  linda  cena
Com  uma   personagem   pintada  em  uma  genial  aquarela ,
Deixando-me  admirado  pelo   belo   quadro  vivo  e  desenhado
Em  minha  memória  nas  ações  do  poeta  popular  CABELIM.
 
Despontou-me   na  Praça  Félix  Martins  com sua  barba  e cabelo  alvos ,
Selecionando  ( e  não catando ) ,  com  estilo ,  papelão   reciclável
Para  composição  orçamentária  de  uma  vida  solta   e  feliz,
Motivos  de  liberdade  em  suas   belas  inspirações   poéticas !
 
O  entrelaçamento  de  nossas  almas se construiu  com  multo  respeito,
Testemunhado  pela  tamarineira , motivo  do  cognome  dado  a  mim   
De   Waldemar  Tamarindo, o que  me  envaideceu  , comparando-me   a  um   fruto   
E  rotulando, com  carinho,  o  tratamento  sutil  em  nossos  encontros  na  Praça .
 
Há  em  seu  coração  a  necessidade  de  divulgar  para  os  jovens  o  valor  poético  das  letras,
Catando ( agora não  selecionando )  livros  descartados   por  quem  não  os  querem  mais  ,
Para  edificar  publicamente  uma  amostragem  , agora  selecionada ,  de  lindas  poesias,
Expondo , em  exemplares  para   comunidade  carente  ,  a  existência  dos  grandes   poetas   .
 
Esse  divino  POETA  DA  PRAÇA    que  tem  a  alma  presente  em   todo  lugar  de  Leopoldina ,
Ocupando  os  espaços  físicos  e  imagísticos  manifestados  na  simplicidade  de  seu  conhecimento,
Derrama  uma  simpatia  autêntica , envolta  com  muita  ternura ,  estampada   em   belos   sorrisos ,
Porque  é  a  maravilhosa  imagem  de  um criador  poético   que  fez  morada  em  meu  coração .
 
Hoje , em  um  ato  de  intelectualidade ,  substituiu  a  seleção   cansativa  de  papelão  descartado ,
Pelas  matutinas   leituras   noticiadas  nos  jornais , sentado  ao  degrau  sagrado  da  Casa  de  Cultura ,
Sugando ,  naquele  momento  de  reflexão,   inspirações   para  montagem  informal  de  belas   poesias ,
Parte  temática  de  sua  coletânea  ,  despertando  em  todos  a  visão  lírica  do  POETA   DA   PRAÇA  !!
 
Agora  , com  muita  humildade  e  contentamento , ingresso  no  mundo  fantástico  das  criações   míticas ,
Produzindo   e  divulgando  meus  poemas , construídos  na  mais  pura  inspiração  da  alma  e  do  coração,
Aprendizagem  com  os  momentos   vividos  , armazenados   em  minha  memória  e  desenhados    fielmente
Na  minha inspiração ,  nos  modelos  poéticos   e  no  contato   amigável  desse  belo   POETA   DA   PRAÇA   !!!
 
Link
Relacionadas »
Comentários »