20/03/2021 às 19h28min - Atualizada em 20/03/2021 às 19h28min

Caminhos

Maria José Baía Meneghite
Estamos diante de muitos caminhos, mas não podemos por eles passar...

Quase tudo ficou proibido ou sob suspeita.

No armário acumulam-se roupas que não usamos por não ter onde ir. Sapatos? Nem me fale, estão agora descansando na sapateira e precisam sair só para tomar um pouco de sol senão mofam.

Priorizamos um par de chinelos, daqueles bem velhinhos e confortáveis. O mesmo se repete com as roupas que usamos em casa. É como disse um amigo, ”as roupas mais velhinhas ainda são as melhores para ficar em casa ”Posto isso, vou fazer a segunda “limpa” no armário e doar. Muitas dessas roupas eu sei que não usarei tão cedo. Por um bom tempo continuarei por aqui, vestida como eu gosto, sem luxo e bem à vontade. Entretanto não posso deixar de questionar o que aconteceu com a nossa rotina. 

Faz um ano que mudei tudo em minha vida em função de me proteger, proteger minha família e os que comigo ainda convivem. Confesso que às vezes sinto vontade de sair por aí, transgredir as normas, detonar com as proibições, mas a necessidade de sobreviver à pandemia impede e freia desesperadamente minhas intenções.

Tenho procurado alternativas e com isso consigo passar pelo caos que atinge impiedosamente a todos nós. Esse caos mostra embora de uma maneira bem trágica que somos iguais na dor, na doença e por que não na esperança?

Talvez essa pandemia que tanto desalento nos traz, seja a renovação do ser humano. Quem sabe Deus tenha permitido tanta dor para que nós, seres tão imperfeitos nos modifiquemos e possamos nos olharmos como irmãos que verdadeiramente somos?

Muitos acreditam ser um castigo de Deus, ao que contesto, pois, o Deus em que creio não é um Deus vingativo.
Acredito sim, que os desmandos do homem colocaram em risco a vida do planeta e o que nos resta, é aprender a lição, e tomar consciência de que o mundo mudou, os caminhos se encurtaram, mas ainda estão abertos a novas descobertas e falta somente a nossa mudança, a nossa conscientização.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »