13/10/2014 às 08h08min - Atualizada em 13/10/2014 às 08h08min

Ébola nas costas do Brasil, pela porta dos fundos.

Além de não estarmos devidamente equipados e preparados logísticamente para enfrentar o vírus Ebola, vemos com receio e até medo, a forma como as autoridades sanitárias  do mundo,lidam com os fatores causa e efeito da febre africana Ebola. Os macacos e os morcegos são os vilões africanos transmissores da doença. Na verdade,na cadeia etiológica da doença,eles são o mal secundário e não primário como afirmam alguns infectologistas.Fala-se nas carnes contaminadas desses animais que as pessoas comem e se infectam com vírus Ebola.
O mal maior não está na carne e sim nos ectoparasitas que infestam macacos e morcegos com a (FHE) tornando a carne imprópria para  consumo humano.
Etenhamo-nos no macaco que tem um consumo maior de carne por parte dos africanos. O mascaco cata piolhos e os come.Uma vêz que este ectoparasita entra em contato com o trato digestivo do primata,ele o infecta começando o ciclo: sangue ,secreções, fezes e carne contamiada.O macaco por ser mais territorial, torna-se mais fácil e ser monitorado.
Já os morcegos não possuem território definido, podendo transportar nas fezes e na urina  vários agentes patogênicos, inclusive o vírus Ebola. Muitas espécies de morcegos adaptam -se aos ambientes modificados pelo homem e instalam-se em áreas domiciliares representando um risco maior para a dissiminação do vírus  no ambiente doméstico e peridoméstico.O morcego ainda possi um ectoparasita que é uma mosca (Diptera Hippoboscopdea)que também pode vetoriar o vírus Ebola ao morcego, que por seu turno via sangue,urina,carne e fezes pode contaminar o ser humano.
Pelo visto, na mídia,a OMS ( Organização Mundial de Saúde) não está voltando os olhos para as causas primárias e a sua prevenção contra o Ebola. Estão patinando nas consequências  olhando para a porta da frente sem dar uma maior  atenção à porta dos fundos onde nós brasileiros poderemos levar  bola nas costas.
 
Gilvan Barbosa Gama.
Piúma>>>ES
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »