23/08/2021 às 19h14min - Atualizada em 23/08/2021 às 19h14min

Desmistificando a Bolsa de Valores

Marceli Wernecck
Finalizadas as etapas de ter uma mente livre de agitações, na medida que for possível, para manter a tranquilidade de vivenciar as oscilações da Bolsa e reserva de emergência com saldo de pelo menos três meses dos valores totais de despesas fixas. O próximo passo pode ser de maneira consciente entrar na renda variável*.

É sempre muito importante ter em mente que algumas das chaves para prosperar financeiramente são poupar e investir, é o que entendemos por fazer o dinheiro trabalhar para nós. Os valores que são recebidos através dos investimentos efetuados em boas empresas e pagadoras de dividendos* chamamos de renda passiva.

A Bolsa de Valores* é um instrumento de acumulação, ou seja, não existem fórmulas mágicas. Os aportes* mensais feitos de forma sistemática em conjunto com os reinvestimentos dos dividendos que recebemos em nossas contas bancárias, trabalham no que chamamos de “efeito bola de neve”. Em resumo, seriam os juros compostos* trabalhando a nosso favor.

Outro ponto que vale nossa atenção, no que diz respeito a Bolsa de Valores, é ter ações inteligentes que diminuam a volatilidade* de nossos investimentos. Como exemplo, podemos citar a aquisição de empresas que chamamos de perenes*, o setor de energia se enquadraria nesse caso. Por mais que essas empresas passem por períodos de crise, empresas desse porte são essenciais a sobrevivência humana.

Uma última dica interessante seria concentrar a formação de carteiras em empresas sólidas, além das empresas de energia, existem outros setores que se enquadram nesse quesito o qualpodemos observar através das análises de seus respectivos Balanços Patrimoniais*. Uma empresa para apresentar um “Balanço Saudável”, possui dentre outras características, o aumento recorrente de suas receitas e o endividamento dentro do permitido de acordo com o porte.

Através da busca incansável de conhecimentos, pode trazer para nossas vidas, a seguinte frase: “prosperar é uma decisão!”
 
*Vocabulário:
  • Renda variávelEm linhas gerais, investimentos de renda variável são aqueles cujo retorno é imprevisível no momento do investimento. O valor varia conforme as condições do mercado – e, consequentemente, a remuneração que as aplicações oferecem segue esse mesmo princípio.
  • Dividendos – O dividendo é a parte do lucro de uma empresa que é dividida com seus acionistas, como uma forma de bonificação ao investimento feito. Ao adquirir uma ação, o acionista passa a ter parte da empresa e os direitos acerca dos lucros que esta tiver.
 
  • Bolsa de Valores – A Bolsa de Valores é um mercado onde se concentram as compras e vendas de ações e títulos que são disponibilizados por empresas de capital aberto.
  • Aportes – aporte é a contribuição, com recursos financeiros, realizada por um investidor. Portanto, é uma atividade que faz parte do mercado financeiro, pois os investidores fazem aportes para aumentar o capital da carteira de investimentos e/ou aproveitar oportunidades na bolsa de valores.
  • Volatilidade – Variável econômica que representa a frequência e a intensidade das oscilações no preço de um ativo, em um período de tempo.
  • Perenes – Áreas de atividade que dificilmente ficarão sem demanda mesmo em momentos de crise.
  • Balanços Patrimoniais - é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira da Entidade.
Link
Marceli Werneck

Marceli Werneck

Marceli Werneck

Tags »
Relacionadas »
Comentários »