08/05/2015 às 20h48min - Atualizada em 08/05/2015 às 20h48min

Alterações adaptativas no organismo humano

*Graduado em Fisioterapia; *Pós-graduado em Geriatria e Gerontologia;

*Pós-graduado em Ciências Políticas; *Mestrando em Ciências Políticas.

   O ambiente e o hábito de vida podem gerar algumas alterações na forma de funcionamento e na característica do corpo humano. Isso porque todo o organismo do ser humano é programado para a preservação da vida.

   Um exemplo clássico para ilustrar a capacidade adaptativa do corpo humano é o da altitude. Quanto maior é a altitude menor é a oferta de oxigênio disponível no ar. Assim sendo, o organismo promove uma compensação aumentando o número de glóbulos vermelhos, sendo estes os responsáveis pelo transporte de oxigênio pela corrente sanguínea. Dessa forma, as pessoas que moram em lugares mais altos tendem a ter um número maior de glóbulos vermelhos no sangue do que quem mora num lugar ao nível do mar.

   Um importante exemplo para enfocar a capacidade de mudança do organismo humano é o dos alpinistas. Quando o corpo humano é exposto a temperaturas muito baixas há uma série de alterações para manter a pessoa viva. Ocorre o estreitamento dos vasos sanguíneos das partes periféricas do corpo e o sangue começa a circular em maior proporção nos órgãos vitais, a saber, o cérebro, o coração, o pulmão, o rim e o fígado. Daí o fato dos alpinistas poderem ficar com os dedos das mãos roxos, o que indica decréscimo na oxigenação sanguínea no local.

   O fortalecimento ósseo também é um exemplo de adaptação que ocorre no organismo humano. Quando uma pessoa anda ou corre, atritos gerados pelo movimento vão fazendo com que os ossos fiquem mais densos, tornando-os mais resistentes a impactos.

   Outra mudança interessante que ocorre no corpo humano é a melhora da capacidade respiratória. Pessoas que têm o costume de nadar tendem a possuir maior facilidade para respirar.

   Outro exemplo de adaptação do corpo humano é quando ele é exposto a uma temperatura muito quente, pois é gerada a liberação do suor cuja função principal é refrescar o maior órgão do corpo humano: a pele. Vale ressaltar que a pele possui glândulas específicas para a liberação do suor, conhecidas como glândulas sudoríparas.

   É o processo adaptativo do corpo humano            que explica o fato dos japoneses terem os “olhos puxadinhos”. Isso ocorreu devido ao fato de no Japão, conhecido como terra do sol nascente, ter grande radiação ultravioleta oriunda do sol, e como forma mutacional do organismo dos japoneses, houve gradualmente a redução da exposição do globo ocular como medida de proteção da visão. Esta característica foi então sendo transmitida geneticamente de geração a geração.

   Portanto, as diversas mudanças que ocorrem no organismo do ser humano são para a preservação da vida. Ter saúde significa adaptar-se às mudanças ambientais de forma a preservar o bem estar mental, social e físico. Ter boa alimentação, dormir bem e praticar exercícios físicos regularmente são algumas medidas que a pessoa pode tomar para ajudar o organismo nas diversas adaptações que colaboram para a preservação da vida.    

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »