25/08/2015 às 09h35min - Atualizada em 25/08/2015 às 09h35min

PROTAGONISTA

Cláudio Araújo

Ah! Se fosse possível materializar-me

E ser protagonista desse seu gostar,

Serei num instante realizado,

Não mais manequim diante desse

Sentir platônico.

Mas um homem simples, por você amado...

Que sem timidez, de mãos dadas,

Contigo passeia e te contagia, te encanta

Com essa forma de amar.

Que a ti não importa, quem passou em minha vida,

Se deixou marcas ou apenas lembranças esquecidas.

Quem ama jamais se importa

Com as caminhadas vencidas,

Que faz do presente, uma trilha

De conquistas e ternuras...

Quem ama não olha para trás,

Porque águas passadas já deram,

E só o que importa é o Agora.

E assim o mundo nos sorri em forma de promessas,

Por nossas vidas, por esses sentimentos estão seguras.

Não podemos dar vida à más línguas,

Mas apenas Amar!

E do nosso jeito cuidamos de nós,

Apenas vamos nos dar...

Sem medos, sem frescuras, sem fronteiras,

Somos a entrega.

(*) Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999) - Estrada de Infinito e de Paz(2001) - Alumbramentos D´Alma(2010) - Antologia Poética Nacional "Poesias Encantadas", Vol. I,(2010)  Vol. IV(2012) Vol. VII(2014) - Antologia Nacional Talento Poético(2015) - Antologia Internacional Asas da Liberdade, "Desde oBrasil até o Chile em Verso e Prosa"(2013) - Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2015) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Lei 19/1991, Entidade de Utilidade Pública do Município de Estância(Se), Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991.

 

 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »