18/11/2015 às 11h19min - Atualizada em 18/11/2015 às 11h19min

CONSEGUIRÁS?!

Cláudio Araújo

Somos algo real que pensa,

Que age, sente mais intensamente

Que qualquer espécie outra...

E feitos de carne e de Espírito!

Assim muitos "abusam",

A boa vontade que expressamos,

A força de criar, de forjar,

Um "derredor de paz",

Quantos querem burlar?

Muitos boicotam?

Porque querem "vá para o espaço"

A paz que conquistamos?!...

Medo! Incapacidade?

E contemplamis amiúde

Pessosas normais incapacitadas

Por "preguiça e cruzar de braços"

Passarem por nós...

Quantas delas olham-nos

Como se fôssemos "anormais"

Já paraste para contar? Conseguirás?!

Somos enquadrados por inveja e descaso

De quem não tem forças

Para "um dia cair e depois levantar-se"...

Simplesmente pela necessidade

Primária de "vencer".

Mas deixemos para lá...

Urge meditarmos, "lutarmos" sem reservas.

Toda luta é inglória, ela mostra que ninguém

Vence absolutamente...

Pois algo muito precioso deixamos esquecidos,

Em cada conquista gozada.

(*) Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999) - Estrada de Infinito e de Paz(2001) - Alumbramentos D´Alma(2010) - Anotologia Nacional "Poesias Encantadas", Vol. I (2010), Vol. IV(2012), Vol. VII(2014) - Antologia Nacional Talento Poético 2015) - I Antologia dos Escritores Aracajuanos e Convidados (2015) -Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2015) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Entidade de Utilidade Pública do município de Estância(Se), Lei 819/91, Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991. Antologia Internacional Asas da Liberdade, "Desde o Brasil até o Chile em Verso em Prosa",(2013)

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »