15/09/2016 às 08h12min - Atualizada em 15/09/2016 às 08h12min

NUMA TELA, NUMA RUA...

Cláudio Araújo
O toque imprescindível
está em tudo. Nas mãos que buscam,
No olhar que vasculha e observa qualquer coisa,
A pessoa amada.
Por isso somos tocados pela emoção
Que arrepia, pelo contentamento
Que invade a Alma, quando tu estás perto.
E saltitamos felizes, quando vimos numa tela,
Numa rua... no nosso quarto, a materialização
Desses sonhos, desses desejos...
E vibramos de amor intenso,
Sem medidas e mesmo sem nexo... só com o sexo!
Por tantos inda incompreendido, mal vivenciado,
Mas que completa completa todo aquele
Quando o coração apenas ama...
É  a própria felicidade!...
(*)Autor dos Livros de Poesias: Horizontes de Liberdade e Fé(1999), Estrada de Infinito e de Paz(2001), Alumbramentos D´Alma(2010), Antologia 3º Encontro Canindeense de Escritores e Convidados(2016) - Encontro Sertanejo de Escritores(2016) - Antologia  Nacional Talento Poético(2015) I Antologia dos Escritores Aracajuanos e Convidados(2015) - I Antologia Poética de Sergipe Poetizando A Vida(2015) - Antologia Virtual LOGOS da FéNIX(2016) - Antologia Poesias Sem Fronteiras(2016) - Revista Virtual Eisfluência(2016) - 100ª Antologia Beco dos Poetas(2016) - Grupo Poemas do Brasil(2015) - Revista Criticartes (2016) Grupo Artistas do Brasil(2015) - Grupo Café Poético & Sarau(2015) - Antologia Asas da Liberdade, "Desde o Brasil até o Chile em Verso e Prosa(2013) - Revista dos Escritores de Piracicaba S/P(2016) - Antologia Nacional "Poesias Encantadas", Vol. I(2010), Vol. IV(2012), Vol. VII(2014) - Colaborador da Imprensa Escrita do Estado de Sergipe e Além Fronteiras(1982/2016) - Sócio e Fundador do Clube dos Poetas Estanciano, Entidade Utilidade Públicas Municipal e Estadual, Leis: 819/1991, e 8.092/2016, Fundado em: 24 de Fevereiro de 1991.
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »