12/01/2017 às 13h25min - Atualizada em 12/01/2017 às 13h25min

Marcinho Pimentel instala gabinete de vice-prefeito na Prefeitura

Existe uma grande expectativa em torno das atribuições que serão delegadas pelo prefeito José Roberto de Oliveira, ao seu companheiro de chapa nas Eleições de 2016.

Luiz Otávio Meneghite com imagens de João Gabriel Baia Meneghite

Através das redes sociais, o vice-prefeito Márcio Henrique Alvarenga Pimentel (Marcinho Pimentel) comunicou que, em comum acordo com o prefeito José Roberto, fez a instalação de seu gabinete no prédio da Prefeitura Municipal na rua Lucas Augusto nº 68, também conhecido como Paço Municipal.


Existe uma grande expectativa em torno das atribuições que serão delegadas pelo prefeito José Roberto de Oliveira, ao seu companheiro de chapa nas Eleições de 2016, além daquelas previstas na Constituição Federal, pois traz em sua bagagem grande experiência administrativa, já que é arquiteto concursado da Prefeitura Municipal com lotação na Secretaria Municipal de Obras. Márcio Pimentel, que também é diplomado em Direito, segundo a legislação vigente, pode e deve exercer função dentro da Administração Municipal. Especialista em planejamento urbano, trabalhou em Volta Redonda-RJ, sendo responsável pela urbanização de favelas. Naquele município atuou como Secretário de Habitação, Conselheiro da Cruz Vermelha e no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano.

Em Leopoldina,  foi presidente do SINSERPU, ingressando na política defendendo as causas do funcionalismo. Como suplente de deputado, já assumiu o mandato por 30 dias na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O vice-prefeito é o segundo na hierarquia do Poder Executivo Municipal sendo eleito pelo voto direto juntamente com o prefeito de modo vinculado, segundo o Artigo 29, I e II da Constituição Federal e é o substituto do prefeito municipal em caso de ausência por licença ou outro impedimento. A chapa que reuniu os nomes de José Roberto de Oliveira e Már­cio Henrique Alvarenga Pimentel recebeu 15.004 votos o equiva­lente a 50,5% dos votos válidos.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »