31/01/2017 às 08h19min - Atualizada em 31/01/2017 às 08h19min

Câmara Municipal recomeça a rotina de trabalho no dia 6 de fevereiro

Segundo o Setor de Protocolos, os vereadores já deram entrada em mais de 200 proposições, entre indicações, requerimentos, representações, projetos e moções.

Arnaldo Spindola - Assessoria de Imprensa
Darci Portela, Presidente da Câmara Municipal de Leopoldina
Construção de casas populares e quadras poliesportivas, manutenção das estradas rurais, instalação de sistema de estacionamento rotativo, reforma de pontes, abastecimento de água na zona rural, transmissão ao vivo das reuniões. Essas são algumas das proposições já apresentadas pelos vereadores e que serão apreciadas em plenário a partir de fevereiro quando inicia o período de reuniões ordinárias na Câmara de Leopoldina.
 
Mesmo em recesso, o Poder Legislativo registrou uma intensa produção legislativa. Segundo o Setor de Protocolos, os vereadores já deram entrada em mais de 200 proposições, entre indicações, requerimentos, representações, projetos e moções.
 
Entre as proposições, as indicações aparecem em maior número. A prática de elaboração de indicações é uma importante ferramenta utilizada pelos vereadores na sua função de colaboração para o governo local, apontando medidas e soluções administrativas, muitas vezes não percebidas pelo Executivo, mas pressentidas pelo Legislativo como de alto interesse para a comunidade.


Durante o mês de janeiro, foi frequente a movimentação de vereadores na sede do Legislativo, encaminhando matérias que representam demandas da população nas mais diversas áreas. Todos os setores da Câmara estiveram funcionando normalmente, na orientação aos vereadores sobre os aspectos constitucionais e formais de cada proposição.
 
A primeira reunião ordinária da Câmara de Leopoldina está marcada para o dia 6 de fevereiro (segunda-feira), no horário de 18h15min. 


Arnaldo Spindola - Assessoria de Imprensa

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »