03/02/2017 às 08h12min - Atualizada em 03/02/2017 às 08h12min

Professora de escola francesa ministra curso inédito de cura de queijo no Brasil

O curso terá duração de 16 horas e abordará os tipos de cura, com ênfase nas técnicas para os queijos de massa semidura.

Delphine Geanthe
A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais), em parceria com a ONG  SerTãoBras, a Associação dos Produtores de Queijo Canastra (Aprocan) e o Sindicato dos Produtores Rurais do Serro, promove o curso de formação em cura de queijos artesanais, ministrado pela professora Delphine Geanthe, da Escola de Produtos Lácteos EnilBio de Poligny, na França. A instituição é uma das principais escolas de formação de queijeiros profissionais da Europa.

O curso terá duração de 16 horas e abordará os tipos de cura, com ênfase nas técnicas para os queijos de massa semidura. Em 4 e 5 de fevereiro, as aulas serão em São Roque de Minas; 6 e 7, no auditório da sede antiga da FAEMG, em BH, e 9 e 10, na cidade do Serro.

Destinado a produtores e maturadores de queijo, pesquisadores, técnicos e fiscais sanitários, o curso de maturação de queijos, com a professora Delphine Geanthe, será realizado pela primeira vez no Brasil. As inscrições podem ser feitas no portal da SerTãoBras: www.sertaobras.org.br.

Fonte: Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »