06/03/2017 às 07h54min - Atualizada em 06/03/2017 às 07h54min

Bispo de Leopoldina convida prefeitos e vereadores para encontro em Muriaé

Na oportunidade será desenvolvida uma pauta sobre o viés cristão da administração pública – sob a inspiração dos documentos recentes do Papa Francisco.

Dom José Eudes Campos do Nascimento, Bispo da Diocese de Leopoldina
Ao abrir a Quaresma de 2017, o Bispo da Diocese de Leopoldina, Dom José Eudes Campos do Nascimento, propôs e convidou os Poderes Executivo e Legislativo dos Municípios da Diocese para um encontro de trabalho no próximo sábado,  dia 11 de março, às 08:00 horas, no auditório do Colégio Santa Marcelina, em Muriaé, onde será desenvolvida uma pauta sobre o viés cristão da administração pública – sob a inspiração dos documentos recentes do Papa Francisco.

“O tema da Campanha da Fraternidade de 2017 é extremamente propício – a Igreja zelando pela nossa “Casa Comum”, de mãos dadas com a administração pública do bem-estar, pela paz e pela beleza da Criação.Pela importância e profundeza desta pauta, dizemos quão importante será a participação de todos. Tomar consciência responsável pelo bem das pessoas, e pela qualidade a “Casa” que deixaremos para as gerações vindouras é, indiscutivelmente, a um tempo árdua, desafiadora, mas obrigatória para todo cidadão responsável, hoje”, diz o convite.

34 municípios pertencem à Diocese de Leopoldina

A Diocese de Leopoldina é composta por 64 paróquias organizadas em 6 foranias. Seu território apresenta uma área de 8 491 km² que abrange 34 municípios da Zona da Mata: Leopoldina, Além Paraíba, Antonio Prado de Minas, Argirita, Astolfo Dutra, Barão do Monte Alto,Cataguases, Dona Eusébia, Eugenópolis, Guarani, Guidoval, Guiricema, Itamarati de Minas, Laranjal, Miradouro, Miraí, Muriaé, Palma, Patrocínio do Muriaé, Pirapetinga, Piraúba, Recreio, Rosário da Limeira, Santana de Cataguases, Santo Antonio do Aventureiro, São Geraldo, São Sebastião da Vargem Alegre, Tocantins, Ubá, Vieiras,Visocnde do Rio Branco e Volta Grande. A população da Diocese é estimada em 596 487 habitantes. Estima-se que os católicos representem 70% da população da Diocese.

A lembrança da encíclica Laudato Síi’ foi apresentada pelo Papa para animar a Campanha

Papa Francisco lança mensagem para animar a Campanha da Fraternidade

“O Criador foi pródigo com o Brasil”, afirma o papa. “Concedeu-lhe uma diversidade de biomas que lhe confere extraordinária beleza”, continua. Mesmo reconhecendo essa riqueza, papa Francisco chama atenção para outra realidade: “os sinais de agressão à criação e degradação da natureza também estão presentes” no Brasil.

A Campanha da Fraternidade, criada na década de 1960, sempre apresenta essas situações em que se pede maior conversão do país para uma vida mais digna. O papa reconhece o mérito desse tipo de iniciativa: “Entre vocês, a Igreja tem sido uma voz profética no respeito e no cuidado com o meio ambiente e com os pobres. Não apenas tem chamado a atenção para os desafios ecológicos, como tem apontado suas causas e, principalmente, tem apontados caminhos para a sua superação”.

Sobre o tema deste ano, papa Francisco reforça que entre os objetivos da Igreja com a Campanha da Fraternidade estão as seguintes atitudes: “contemplar, admirar, agradecer e respeitar a diversidade natural que se manifesta nos diversos biomas”. E destacou o exemplo dado pelos povos que vivem nesses biomas e que é preciso aprender com eles: “os povos originários de cada bioma ou que tradicionalmente neles vivem nos oferecem um exemplo claro de como a convivência com a criação pode ser respeitosa, portadora de plenitude e misericórdia”.

Lembrando a sintonia profunda da vivência da espiritualidade e da liturgia da Quaresma, enquanto se realiza a Campanha da Fraternidade, o papa recomenda: “Trata-se de um convite a viver com mais consciência e determinação a espiritualidade pascal. A comunhão na Páscoa de Jesus Cristo é capaz de suscitar a conversão permanente e integral que é, ao mesmo tempo, pessoal, comunitária, social e ecológica”.

O Papa termina a mensagem manifestando seu desejo de um tempo de vivência significativo para as comunidades do Brasil durante a Quaresma deste ano: “desejo a todos uma fecunda caminhada quaresmal e peço a Deus que a Campanha da Fraternidade 2017 atinja seus objetivos”.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »