10/05/2017 às 09h15min - Atualizada em 10/05/2017 às 09h15min

Quebra-molas surpreende condutores por falta de sinalização

Leitores manifestam indignação com a falta de profissionalismo do setor responsável.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
Não existe sinalização no local
Dois leitores do jornal Leopoldinense entraram em contato com a redação para reclamar da instalação de quebra-molas na rua Cipriano Pereira Baia, na região do Alto Pirineus, sem a devida sinalização prevista no Código de Trânsito Brasileiro.

Ronaldo Fraga Pereira disse em telefonema ao editor que trafegava com seu veículo com crianças no banco traseiro, “quando fui surpreendido pelo baque provocado por um quebra-molas recém instalado no local, que jogou uma das crianças de encontro ao banco da frente, felizmente, sem machucá-la. Fui aconselhado a mover uma ação contra o Município, mas refleti muito e cheguei à conclusão que não valeria a pena pelo desgaste que isso causaria a minha família. Optei pelo contato com o jornal para divulgar como as coisas são feitas de qualquer maneira, sem obediência à legislação, que exige sinalização anunciando o quebra-molas. Espero que não esperem acontecer um acidente mais grave para aprenderem a fazer as coisas certas”, desabafou o leitor.

Outro leitor, que preferiu ser identificado apenas pelas iniciais A.T.M., disse ao jornal que “infelizmente, a colocação do redutor de velocidade naquela via era necessária porque em alguns horários o trânsito por ali é intenso com muito abuso da parte de motociclistas e carros particulares e levando em conta que a rua é estreita com carros estacionados nos dois lados em alguns momentos. Só acho que quando o setor responsável decide fazer o quebra-molas, já deveria estar prevenido para fazer a sinalização exigida por lei imediatamente”, observou.

O ressalto na rua chega a atingir o fundo dos carros

O obstáculo está numa curva da rua

Sinalização é obrigatória(Imagem  meramente ilustrativa)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »