10/05/2017 às 10h55min - Atualizada em 10/05/2017 às 10h55min

Campanha de vacinação contra gripe tem ‘Dia D’ neste sábado, 13 de maio

Secretaria Municipal de Saúde divulga locais e horários de atendimento ao público em Leopoldina.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
Vacinação tem seu Dia D no sábado, 13 de maio
A vacinação contra gripe iniciada no dia 17 de abril, vai até o dia 26 de maio, tendo o seu ‘Dia D’ no próximo sábado, 13 de maio, de 08:00 às 17:00 horas, em todas as Unidades Básicas de Saúde de Leopoldina.

A vacina está disponível para maiores de 60 anos, trabalhadores de saúde, crianças entre seis meses e 5 anos, gestantes, mulheres até 45 dias depois do parto, população indígena, funcionários do sistema prisional e presos, além de pessoas com doenças como diabetes e hipertensão. Também poderão ser vacinadas as pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais, independente da idade.

Pela primeira vez, a vacina também será oferecida para professores de escola pública e particular, qualquer que seja o nível de ensino. No caso de professores, a vacinação poderá ser feita do dia 13 ao dia 26 de maio, no Pólo de Saúde Agostinho Pestana, localizado na rua Santa Filomena, no prédio imediatamente abaixo do hospital de Leopoldina.

A Secretária Municipal de Saúde de Leopoldina, Lúcia Helena Fernandes da Gama, informou ao jornal Leopoldinense via ofício, os locais de vacinação até o fim da campanha inclusive no dia ‘Dia D’. São eles: Pólo de Saúde Agostinho Pestana; PSF I-5ª Residência; PSF II-Bandeirantes; PSF III –São Cristóvão; PSF V e XIV-Bela Vista/Nova Leopoldina;  PSF VII-Providência; PSF VII-Abaíba; PSF XIII-Pirineus e PSF XI-Ribeiro Junqueira.

Ela divulgou também os locais que funcionarão apenas no ‘Dia D’ , em 13 de maio: PSF IV Bela Vista I; PSF VI –Tebas; PASF VI Piacatuba; PSF VII São Martinho; PSF VIII Seminário; PSF VII Vale do Sol; PSF X Três Cruzes e PSF XII Alto Ventania.

Informações úteis

Para controlar a gripe, a prevenção continua sendo o melhor caminho. As recomendações são medidas de higiene como lavar bem as mãos com água e sabão, com frequência; utilizar o antebraço ou o lenço de papel quando for tossir ou espirrar (evitando assim cobrir a boca com as mãos); evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e manter os ambientes bem ventilados.

Crianças que vão receber a vacina contra a gripe pela primeira vez devem ser imunizadas em duas etapas, com intervalo de 30 dias entre as doses. É importante levar aos postos de saúde o cartão de vacinação e um documento de identificação.

Também serão vacinadas pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com condições clínicas especiais. Neste caso, é preciso levar uma prescrição médica especificando o motivo da indicação da dose.

Pacientes que participam de programas de controle de doenças crônicas no Sistema Único de Saúde devem procurar os postos onde estão cadastrados para receber a dose, sem necessidade da prescrição médica.

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe, o governo ressaltou que é fundamental realizar a imunização no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno.

A vacina é contraindicada a pessoas com história de reação anafilática em doses anteriores ou àquelas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

A transmissão dos vírus Influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. A doença também pode ser transmitida pelas mãos e por objetos contaminados.

Os sintomas da gripe incluem febre, tosse ou dor na garganta, além de dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. O agravamento pode ser identificado por sintomas como falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Fontes: Secretaria Municipal de Saúde- Ministério da Saúde  e Secretaria de Estado de Saúde

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »