12/05/2017 às 20h48min - Atualizada em 12/05/2017 às 20h48min

Vereador quer criar em Leopoldina a Semana Municipal de Valorização da Vida

Objetivo é provocar a reflexão e a conscientização sobre essa temática e dignificar a vida em relação ao aumento do índice de suicídios.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
O Vereador Rosalvo
O vereador Rosalvo DomicianoFlauzino registrou na Câmara Municipal de Leopoldina no dia 20 de março, o Projeto de Lei nº 14/2017, instituindo a Semana Municipal de Valorização da Vida, a ser realizada anualmente na semana que compreender o dia 10 de setembro, Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Se aprovado, o projeto que começou a tramitar no dia 21 de marçosendo encaminhado pela Presidência, para a Comissão de Constituição,Legislação e Redação, onde está em fase de apreciação pela assessoria jurídica do Poder Legislativo, a Semana de Valorização da Vida ficará incluída no Calendário Oficial do Município de Leopoldina.

Segundo parlamentar, “a Semana Municipal de Valorização da Vida tem por finalidade a reflexão e a conscientização sobre essa temática, objetivando dignificar a vida em relação ao aumento do índice de suicídios com as diretrizes de alertar a população sobre como diagnosticar possíveis suicidas, utilizando veículos de comunicação de grande acesso à população; promover o encontro com especialistas na área para debater o assunto e elaborar e distribuir cartilhas didáticas para órgãos públicos, capacitando os servidores públicos para lidar com pessoas que tenham pensamentos suicidas”.

O projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de Leopoldina estabelece que  ações e movimentos da Semana Municipal de Valorização da Vida serão desenvolvidos e coordenados pela Secretaria de Saúde, que poderá convidar outros setores da administração direta, a sociedade civil, por intermédio de entidades não governamentais sem fins lucrativos, associações religiosas, médicas e outras com objetivos voltados para a temática com a realização de palestras, debates, seminários e audiências públicas; esclarecimentos, propagandas publicitárias e campanhas com distribuição de folhetos informativos e explicativos e ações de rua, caminhadas, passeios ciclísticos, motoatas e abordagens em locais públicos.

Para o vereador Rosalvo, as ações e movimentos poderão se estender durante todo o mês de setembro de cada ano, em forma de campanha e terão a denominação de “Setembro Amarelo” sendo permitido o patrocínio das ações e movimentos da Semana Municipal de Valorização da Vida por empresas públicas e privadas que deles participarem, ao mesmo tem em que os poderes constituídos do município ficam autorizados a ornamentarem as suas sedes e espaços públicos com a cor amarela, adotada mundialmente como símbolo da conscientização contra o suicídio.

Na justificativa ao projeto de lei, Rosalvo chama a atenção para o fato de que Semana Municipal de Valorização da Vida proporá a melhoria do acolhimento dos pacientes e acompanhamento sistemático das pessoas que já cometeram alguma tentativa prévia de tirar a própria vida ou que apresentam algum transtorno mental.Além disso, disse o parlamentar, “não obstante ser rotina em razão da eficiência que a administração pública sempre perseguir, importará em treinamento e ações que visem à melhoria do atendimento a este tipo de demanda, que é executado em Leopoldina pelo CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.Assim, espero que o nosso município se insira neste programa, adotando a “Semana Municipal de Valorização da Vida”, até mesmo pelas ocorrências de suicídios tentados e consumados no âmbito do nosso município, conforme foram noticiados na imprensa local, razão da presente proposição, que espero seja aprovada”, justificou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »