19/05/2017 às 10h07min - Atualizada em 19/05/2017 às 10h07min

Câmara aprova indicação do Dr. Ferraz para plantão 24 horas de farmácias

Ao justificar tal medida, o parlamentar lembrou que o atendimento 24 horas pode acontecer por meio de rodízio, inclusive nos finais de semana e feriados.

Arnaldo Spindola
A doença, o mal estar, as enfermidades, quaisquer que sejam, não têm hora para chegar e, muitas vezes, pegam desprevenidos os cidadãos que se encontram sem o medicamento que possa ser receitado  pelo médico plantonista  ou mesmo um medicamento simples  como um analgésico  para amenizar uma dor de cabeça. Não havendo onde comprar um remédio, uma madrugada de dor pode durar uma eternidade.

Com o objetivo de solucionar esse problema, o vereador Dr. José Ferraz Rodrigues elaborou uma indicação sugerindo ao Poder Executivo a adoção de um sistema de plantão 24 horas das farmácias instaladas no município, a fim de atender a população em alguns imprevistos, principalmente na madrugada, quando é imprescindível o medicamento.

Ao justificar tal medida, o parlamentar lembrou que o atendimento 24 horas pode acontecer por meio de rodízio, inclusive nos finais de semana e feriados. Segundo ele, o atendimento das farmácias poderá ser feito através de “campainha”, janela de fácil acesso, ou outro meio que garanta segurança para os funcionários. O vereador defende que o sistema de rodízio seja definido pelo Poder Executivo, através de ampla discussão com os proprietários de farmácias.

José Ferraz ressaltou que sua iniciativa traduzia o interesse de considerável parcela da população que constantemente reclama, principalmente quando precisa comprar medicamentos fora do horário de atendimento e não encontra farmácias abertas.

Vereador José Ferraz Rodrigues

A proposição tem o respaldo da lei federal 5.991/1973 e a determinação consta no artigo 56: “As farmácias e drogarias são obrigadas a plantão, pelo sistema de rodízio, para atendimento ininterrupto à comunidade, consoante normas a serem baixadas pelos Estados, Distrito Federal, Territórios e Municípios”, cita o texto original.
A indicação, que recebeu o protocolo nº 296/2017, foi subscrita e aprovada por todos os vereadores presentes. 

Fonte: Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »