13/06/2017 às 09h09min - Atualizada em 13/06/2017 às 09h09min

Vereador questiona situação de veículo oficial da Prefeitura de Leopoldina

Pastor Darci quer saber se houve prejuízo à população, visto que, segundo apurou, a van era utilizada para transportar pacientes para o Hospital do Câncer em Muriaé e para outros locais.

Consciente de que um gestor deve primar pela economia na máquina pública, o vereador Pastor Darci José Portella, atual Presidente da Câmara Municipal, apresentou um requerimento solicitando informações ao Poder Executivo acerca da situação de uma van, de placa PVC 1278, que não está sendo utilizada pelo município. “Recebemos a informação de que o motor do veículo estaria batido. Queremos apurar as responsabilidades”, afirmou o presidente.

Segundo dados constantes do Requerimento nº 55/2017, há questionamentos se o veículo possui seguro ou não e, em caso positivo, foi solicitada uma cópia de toda a documentação pertinente à contratação do seguro. “Caso o veículo não tenha seguro, queremos justificativas sobre esta situação e quem será responsabilizado por isso”, frisou o vereador, acrescentando ser importante saber quem autorizou a van transitar se não tinha seguro.

Consciente de que um veículo parado causa prejuízo ao erário, Pastor Darci questiona qual a previsão para conserto da van e o custo desse investimento. “Trata-se de um patrimônio público que não pode ficar parado por muito tempo. É preciso tomar providências para que o veículo volte a ser utilizado em benefício do cidadão leopoldinense”, frisou o vereador.

Ainda em busca de informações oficiais sobre esta situação, Pastor Darci questiona se houve prejuízo à população, visto que, segundo apurou, a van era utilizada para transportar pacientes para o Hospital do Câncer em Muriaé e para outros locais. “É preciso saber se, durante este tempo em que o veículo está parado, o transporte dos pacientes também foi interrompido”.

Ao final, o vereador solicitou ainda que sejam encaminhados à Câmara comprovantes da última revisão e toda a documentação referente à van. “O requerimento de informações oficiais é um instrumento que auxilia o vereador a cumprir sua função de fiscalizar a administração pública”, justificou Pastor Darci.

Após discussão em plenário, o requerimento foi aprovado por unanimidade e recebeu as assinaturas dos vereadores Ivan Martins Nogueira, Waldair Barbosa Costa, Rosalvo Domiciano Flauzino, Rogério Campos Machado, Elvécio de Souza Barbosa, Jacques Villela, Valdilúcio Malaquias, Jurandy Fófano Vieira, José Ferraz Rodrigues, Sebastião Geraldo Valentim e José Augusto Cabral.

Fonte: Arnaldo Spindola-Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »