30/06/2017 às 11h18min - Atualizada em 30/06/2017 às 11h18min

Pastor Darci reivindica espaço no Terminal Rodoviário de Leopoldina para Economia Solidária

Ele ressaltou que apoio ao Grupo de Economia Solidária gera benefícios para a sociedade como um todo, pois desenvolve o espírito democrático, o aumento de renda familiar e a reativação da vida comunitária.

A Câmara Municipal de Leopoldina, em recente sessão ordinária, aprovou indicação de autoria do vereador Pastor Darci José Portella que solicita ao Chefe do Poder Executivo a seção de uso de um espaço no Terminal Rodoviário para o grupo de Economia Solidária, com a finalidade de exposição e comercialização dos produtos.
 
Ao justificar sua iniciativa, o vereador frisou que os empreendimentos solidários estão cada vez mais organizados e expandido sua capacidade produtiva. Ele informou que Leopoldina conta com um grupo de pessoas organizadas que há tempos lutam por um fomento local. Como a rodoviária possui alguns setores ociosos, Pastor Darci acredita que a cessão desse espaço vai se constituir num apoio importante para minimizar as dificuldades enfrentadas pelos artesãos.
 
O parlamentar ressaltou que qualquer iniciativa de apoio ao grupo de economia solidária gera benefícios para a sociedade como um todo, pois desenvolve o espírito democrático, o aumento de renda familiar e a reativação da vida comunitária.

Pastor Darci (foto) argumentou que o espaço da economia solidária no Terminal Rodoviário, além de resgatar um espaço inutilizado, vai se transformar num local para exposição e comercialização de produtos, respondendo às necessidades das pessoas envolvidas neste projeto. Na avaliação do parlamentar, esse espaço permanente para o grupo de economia solidária pode se constituir em fonte de renda complementar para diversas famílias, além de se tornar um local atrativo. “Seria de suma importância para o município esse espaço, uma vez que estaríamos dando oportunidade de fonte de renda a muitas famílias e, consequentemente, fomentando a economia local”, justificou Pastor Darci.
 
A proposição recebeu a assinatura dos demais vereadores e foi aprovada por unanimidade.
 
Grupo de Economia Solidária em Leopoldina
 
Segundo informações de Ana Paula Botelho Badaró, coordenadora do Grupo de Economia Solidária de Leopoldina, as atividades foram iniciadas em 2009. Atualmente dez famílias estão envolvidas neste trabalho, produzindo artesanato em madeira, tecido, bordados e balas de coco. O grupo é informal, não possui diretoria constituída e tem buscado apoio junto ao Poder Público, principalmente para viabilizar a participação de seus membros em eventos na região.

Para a Coordenadora do Grupo, se for concretizada a liberação de um espaço no Terminal Rodoviário, representará um importante apoio e refletirá no aumento da autoestima e na renda de seus membros, visto que alguns vivem exclusivamente do empreendimento da economia solidária.  
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »