05/10/2017 às 18h20min - Atualizada em 05/10/2017 às 18h20min

SSVP completa cem anos e recebe reconhecimento da Câmara Municipal de Leopoldina

Os vereadores se alternaram em pronunciamentos de reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelos vicentinos, dedicando palavras de carinho pelo centenário da obra

Vicentinos presentes na Câmara durante a homenagem
Com o objetivo de comemorar os cem anos de presença da obra vicentina em Leopoldina, compareceram à sessão ordinária da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (02), representantes da Sociedade São Vicente de Paulo. O convite foi formulado através da aprovação do requerimento nº 47/2017, de autoria do vereador Hélio Batista Braga de Castro.

Alexandre Antônio de Castro Reche, Presidente do Conselho Particular de São José da Sociedade São Vicente de Paula e Zilda Maria Bonini Cosine, Presidente do Conselho Particular de Leopoldina da Sociedade São Vicente de Paulo participaram da reunião e fizeram explanações sobre as obras desenvolvidas no município.

Alexandre Reche falou um pouco da história da obra, iniciada no ano de 1833, por Antônio Frederico Ozanan, um italiano que se instalou na França. Ele ressaltou que, na atualidade, a SSVP está presente em 153 países, promovendo a dignidade das famílias mais necessitadas.

Alexandre Antônio de Castro Reche e Zilda Maria Bonini Cosine, da direção da SSVP

Diante de um bom público presente no salão nobre do Legislativo, em sua maioria composto por representantes vicentinos, Alexandre Reche e Zilda Cosine explanaram sobre a presença da SSVP em Leopoldina. Eles informaram que o início se deu em 02 de outubro de 1917, ao lado da Igreja do Rosário, onde onze pessoas tiveram a grande inspiração de fundar uma unidade vicentina. Foi ressaltado que se trata de uma obra de voluntários leigos católicos, que busca a promoção das famílias atendidas em todos os níveis de carência: material, espiritual e cidadã. Segundo eles, a obra se faz presente nos bolsões de pobreza e de miséria em Leopoldina, Argirita e Vista Alegre.

Questionado pelos vereadores sobre a ajuda do Poder Público, Antônio Reche explicou que, durante os últimos três anos, a Prefeitura de Leopoldina e a SSVP fizeram uma parceria através de convênio para repasses de verbas a fim de auxiliar o atendimento. Segundo ele, o convênio foi renovado neste ano com o valor de R$ 36 mil reais, mas informou que a verba foi repassada até julho deste ano. Ele também comentou que foi mantida uma parceria entre SSVP, Prefeitura e SESI com a cessão da sede da sociedade para promoção de curso de corte e costura e enfatizou que os vicentinos estão abertos para qualquer parceria que vise à promoção das pessoas que são excluídas de políticas públicas.

Em seguida, os vereadores se alternaram em pronunciamentos de reconhecimento e elogios ao trabalho desenvolvido pelos vicentinos, dedicando palavras de carinho pelo centenário da obra e colocando o Poder Legislativo à disposição.

Ao final, Antônio Reche e Zilda Cosine agradeceram o convite e as homenagens direcionadas aos vicentinos, ressaltando que se sentiam honrados em falar sobre a história da sociedade vicentina, composta por homens e mulheres, verdadeiros heróis. 

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »