06/10/2017 às 09h25min - Atualizada em 06/10/2017 às 09h25min

‘Fumacê’ vai ser utilizado na sequência da limpeza dos córregos da cidade

Mutirão uniu funcionários através das Secretarias de Serviços Urbanos e de Saúde

Fumacê deve ser utilizado na sequência da limpeza dos córregos
Kalon Moraes (*)
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina


As Secretarias Municipais de Serviços Urbanos e de Saúde, estão ampliando os serviços de manutenção de córregos pelos bairros da cidade. A limpeza de córregos é uma atividade rotineira das Prefeituras. A grande extensão dos dois córregos que cortam a cidade, exige atenção especial para esta atividade que compreende corte de capim, retiradas de lixo, entulhos e detritos no seu leito. Esses serviços de limpeza e manutenção dos córregos, são desenvolvidos periodicamente pela Secretaria de Serviços Urbanos, com o objetivo de evitar o acúmulo de resíduos e lixo doméstico em sua extensão. Agora, para tentar inibir a proliferação de insetos e roedores, a ação está sendo realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, através de sua Equipe do Setor de Endemias. Essa ação, além de deixar os córregos limpos, serve também para a identificação de possíveis focos de bichos indesejáveis.

"Estamos atuando em conjunto com a Equipe do Setor de Limpeza Urbana na manutenção dos córregos, por entender que é uma grande oportunidade de localizarmos os possíveis focos de pernilongo e também a proliferação de roedores. Começamos no início do Feijão Cru, na região da Coreia - bairro de Fátima, e já deu para perceber o excesso de lixo doméstico e entulho, que as pessoas estão descartando nos córregos, ocasionando em acúmulo de águas paradas, entre outros transtornos. Nossa intenção é identificar os possíveis focos, para depois combatermos com UBV = Ultra Baixo Volume, através do Fumacê", explicou Marcos Abreu, do Setor de Endemias.

Os trabalhos seguem em ritmo intenso e contínuo. Mas para o sucesso e a eficácia da operação de limpeza, é necessário que a população colabore, evitando descartar lixo e entulhos no leito ou beira dos córregos.  As Equipes avançam para a região da praça da Bandeira, deixando a água do córrego corrente, evitando acúmulo de poças de água e destruindo qualquer represa que possa se transformar em futuros focos de insetos.


 

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »