07/10/2017 às 18h39min - Atualizada em 07/10/2017 às 18h39min

Prefeito se emociona ao anunciar início das obras de saneamento em Leopoldina

Obras devem ser iniciadas ainda este mês de outubro na bacia do Jacareacanga que corta os bairros Bela Vista e São Cristóvão.

O prefeito fez o pedido ao Ministro
Por Kalon Moraes-Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina

Até sua saúde foi colocada em segundo plano, relatou emocionado o prefeito José Roberto de Oliveira, em entrevista concedida ao programa Haroldo em Notícias, na Rádio Jornal AM, na manhã deste sábado, 7 de outubro, ao relatar sua batalha para conseguir a importante Obra de Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário, para o desenvolvimento do município de Leopoldina.

Saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e à produtividade do indivíduo, facilitando a atividade econômica. 

Depois de uma verdadeira batalha que se iniciou em 2005, para conseguir a aprovação dos dois projetos de ampliação e canalização dos córregos Feijão Cru e Jacareacanga que cortam à cidade, o persistente e incansável prefeito José Roberto, com o apoio incondicional do Deputado Federal Marcus Pestana, vai conseguir iniciar as obras de ampliação e canalização do Jacareacanga, que corta todo o Bela Vista. Gerando empregos e renda para sua população, garantindo melhor qualidade de vida a todos e impulsionando a valorização imobiliária de toda aquela região.

Emocionado, o chefe do executivo municipal detalhou parte de sua incansável luta para garantir a realização desta importante obra de saneamento, que ultrapassam a casa dos 13 milhões de reais. Por mais dificuldades que a Caixa Econômica Federal, tenha colocado durante o período de tramitação deste projeto de saneamento em sua Regional da Zona da Mata, o desprendimento, a lealdade e o compromisso do deputado federal Marcus Pestana, foram mais contundentes.

E assim, todo o trabalho e a dedicação do prefeito, que através de Marcus Pestana, encontrou nas pessoas do engenheiro Hélio de Freitas e do Ministro das Cidades Bruno Araújo, a alavancada necessária para que na próxima semana, a obra de maior benefício para a cidade possa ser iniciada, gerando saúde, atraindo desenvolvimento para o município e aumentando as possibilidades de sua população.

Foi emocionante ouvir as colocações do prefeito José Roberto, sobre as dificuldades, os transtornos e principalmente, sua persistência em conseguir promover esta obra para a população, e a lealdade política do Deputado Federal Marcus Pestana com a população de Leopoldina.

"Com todas as adversidades, estamos conseguindo promover ações importantes em Leopoldina. As obras que executamos, são importantes para o nosso desenvolvimento, no dia a dia da população. Eu luto para melhorar nossa cidade, com a mesma vontade e com a mesma dedicação que iniciei na vida pública há muitos anos", destacou o prefeito.

A empresa responsável pela obra é a Infracon Engenharia e Comércio, de Belo Horizonte que vai executar através da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Leopoldina, as seguintes intervenções: rede coletora, interceptor, ligações prediais, estação elevatória, linha de recalque/extravasor, estação de tratamento de esgoto e serviços complementares de engenharia - contensão e geoconformação das margens do córrego.

Córrego Jacareacanga

Para refrescar a memória (I)
Prefeito foi a Brasília pedir a liberação do dinheiro para tratamento do esgoto de Leopoldina
Empresa vencedora de concorrência pública já foi definida e aguarda autorização para o início das obras com prazo de 24 meses para sua conclusão.

Luiz Otávio Meneghite

O prefeito José Roberto de Oliveira e o Secretário Municipal do Meio Ambiente, Marco Antonio Toledo Gorrado foram recebidos em audiência pelo Ministro das Cidades, Bruno Araújo, no dia 17 de agosto, em companhia do deputado federal Marcus Pestana. Na pauta, a liberação dos recursos necessários para o saneamento dos córregos que cortam a cidade: o Feijão Crú, o Jacaréacanga, (que atravessa toda a extensão dos bairros Bela Vista, São Cristóvão, Jardim Bela Vista e São Sebastião), o do bairro Quinta Residência e o do bairro Três Cruzes com base em projeto de saneamento elaborado para a cidade de Leopoldina cujos custos alcançam a cifra de R$29.196.581,48 e já estão previstos no PAC 2. O projeto básico consiste na captação do esgoto lançado nos córregos através da instalação de interceptores colocados nas suas margens e a construção de duas ETEs-Estações de Tratamento de Esgoto, uma na saída para Cataguases que captaria os efluentes do Feijão Crú e Quinta Residência e outra abaixo do bairro Thomé Nogueira captando os resíduos do Jacaréacanga e do córrego que corta o bairro Três Cruzes.

Para refrescar a memória (II)
Definida a empresa vencedora da concorrência pública
Luiz Otávio Meneghite

A Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura de Leopoldina abriu no dia 21 de maio de 2015, os envelopes contendo as propostas das empresas habilitadas Concorrência Pública para realização das obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Leopoldina. Saiu vencedora do certame a Infracon Engenharia e Comércio Ltda, de Belo Horizonte, que apresentou o menor preço: R$ 29.196.581,48. O resultado foi homologado pelo prefeito José Roberto de Oliveira  que enviou o processo à Caixa Econômica Federal para a liberação dos recursos. Segundo uma fonte oficial do jornal Leopoldinense, dos R$32.810.097,92 orçados para a obra, metade já estaria disponível faltando apenas a liberação do Ministério das Cidades, razão da visita do prefeito.

Onde serão gastos os recursos e sua origem

A empresa vencedora da Concorrência Pública aberta pela Prefeitura de Leopoldina, assinou contrato para realizar obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário na cidade de Leopoldina. Os recursos são oriundos de parceria firmada entre o Município e o Governo Federal via Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal. De acordo com o edital publicado na edição nº 1462, do Diário Oficial dos Municípios Mineiros, no dia 25 de março de 2016, a obra contempla todos os subsistemas dos córregos Feijão Cru e Jacarecanga, incluindo rede coletora, interceptor, ligações prediais, estação elevatória, linha de recalque/extravasor, estações de tratamento de esgoto e serviços complementares de engenharia; contenção e geoconformação das margens dos córregos conforme planilhas, cronograma físico–financeiro, especificações, projetos básicos e memorial descritivo anexos ao projeto, no período de 24 meses ou 730 dias a contar da contratação da vencedora da Concorrência Pública.

Uma novela cujos capítulos já duram 7 anos

O jornal Leopoldinense noticiou em destaque na capa de sua edição nº 156, de 16 de maio de 2010: ‘Leopoldina pode receber R$28 milhões do PAC 2 para saneamento’. De lá para cá se passaram 6 anos e 3 meses sem que os recursos fossem liberados para as obras de saneamento dos córregos que cortam Leopoldina. O jornal Leopoldinense esteve em contato com o prefeito José Roberto após sua viagem a Brasília e ele informou que  tudo agora só depende de um parecer solicitado pelo Ministro Bruno Araújo a sua assessoria cujo conteúdo pode ser divulgado ainda esta semana.


Córrego Feijão Crú
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »