17/10/2017 às 07h48min - Atualizada em 17/10/2017 às 07h48min

Sociedade Olímpica Leopoldinense busca parceiros para mais projetos esportivos

Entre palestras, clínicas e treinamentos, já são 13 ações efetivas que tem trazido respeito e credibilidade à entidade.

Assessoria de Imprensa da SOL

Criada em 2016, como legado da passagem da Tocha Olímpica por nossa cidade, a SOL tem trabalhado na elaboração de estratégias que visam oferecer a prática esportiva competitiva a crianças e jovens.  Entre palestras, clínicas e treinamentos, já são 13 ações efetivas que tem trazido respeito e credibilidade à entidade.
 
Atualmente o maior destaque é o projeto Novos Tubarões, que oferece aulas gratuitas de natação para crianças da rede pública de ensino. Com a terceira turma já inscrita, o projeto atinge a meta de 100 crianças atendidas em 2017.

O treinador Hudson com garotada da natação
 
Além da natação, a SOL tem dado suporte ao GOALBALL e fomentado o paradesporto na cidade.

Além da natação, a SOL tem dado suporte ao GOALBALL
 
E no final de setembro, iniciou os treinamentos de handball para meninos e meninas até 17 anos, com o objetivo de disputar eventos regionais e estaduais em 2018.

Jovens do handebol
 
Vários jovens têm procurado a entidade e solicitado a criação de novas atividades com outras modalidades esportivas, o que para os diretores é um sinal claro que Leopoldina tem vocação para o esporte e a Sociedade Olímpica Leopoldinense tem conquistado gradativamente o respeito dos adolescentes e atletas da cidade.
 
Todas as atividades são gratuitas e a demanda crescente faz com que a entidade necessite de patrocinadores e padrinhos de atletas. Para captá-los está sendo preparado um evento para a apresentação dos projetos e seu impacto na educação de nossos jovens, no turismo e economia local e também na segurança publica. Esse último, sendo incluído por conta da crescente onda de delitos envolvendo menores em Leopoldina.
 
“Estamos conquistando a atenção e respeito da garotada que gosta de esportes e isso nos motiva cada vez mais a desenvolver novos projetos.  Tudo de forma bem profissional e responsável. Não queremos apenas iniciar atividades que acabam em seguida e frustram os esportistas. Por isso cada passo tem sido cauteloso e bem alicerçado”, afirmou o presidente Hudson Rodrigues de Jesus.
 
Com a temporada 2018 de natação já definida e apresentada, a diretoria da SOL está buscando os calendários de eventos regionais de Handball, voleibol e futsal, além de eventos paralímpicos. De acordo com a procura por essas modalidades, desenvolvimento das equipes, credibilidade dos eventos e da viabilidade financeira, a Sociedade Olímpica Leopoldinense irá representar nossa cidade e torná-la uma referencia em toda região. Para isso conta com empresas e pessoas engajadas para livrar nossos jovens do ócio perigoso que os leva aos maus hábitos.

Hudson durante palestra

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »