17/10/2017 às 12h50min - Atualizada em 17/10/2017 às 12h50min

Na luta contra a Leucemia, família de Laranjal busca doador de medula para garoto de 11 anos

Enfrentando um quadro de leucemia linfoide desde 2014, um garoto de 11 anos, morador da cidade de Laranjal, precisa com urgência de um transplante de medula óssea. Na busca por um doador compatível, a família de Gustavo Garonce Guedes de Souza lançou nas redes sociais a campanha #umportdsetdspelogustavo.

Gustavo está internado no Hospital Asconcer, em Juiz de Fora e aguarda transplante na fila de espera do Redome (o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea), administrado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Uma grande mobilização ganha força a cada dia nas redes sociais incentivando a doação de sangue e o cadastramento das pessoas para os testes de doação de medula.

A doação de sangue pode ser feita nos postos do Hemominas espalhados pelo estado, a exemplo do Posto Avançado de Coleta Externa (PACE) de Muriaé, que a cada duas semanas colhe sangue na pPolclínica do bairro Safira.

Já o cadastramento de candidatos à doação de medula óssea é feito em determinadas unidades (ver quadro no fim do texto). Na região, segundo o site do Hemominas, as cidades mais próximas são Juiz de Fora e Além Paraíba.

No caso de sangue, podem doar pessoas com qualquer tipo sanguíneo, sendo necessário informar o nome de Gustavo Garonce Guedes de Souza e do hospital Asconcer.

Confira abaixo informação sobre o cadastramento de candidatos à doação de medula divulgadas pelo Hemominas

O cadastramento de candidatos a doação de medula óssea é feito pela Fundação Hemominas e vinculado ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). O interessado em se candidatar deverá se dirigir a uma das unidades de atendimento, onde vai receber orientações sobre o cadastramento e a doação da medula óssea.

O cadastramento poderá ser feito previamente através do preenchimento do Formulário de Identificação do candidato a doação de medula e da Assinatura do Termo de consentimento disponíveis abaixo e entregues no dia. Para integrar o cadastro de doadores, a pessoa tem que ter entre 18 e 55 anos de idade e apresentar boa saúde.

No ato do cadastramento será colhida uma pequena amostra de sangue destinada à realização do exame HLA. Este exame vai traçar as características genéticas do candidato e verificar a compatibilidade com pacientes que estão na fila de espera para transplante de medula óssea.

Mais detalhes, clique aqui

 

Documentos necessários

Documento de Identidade oficial com foto

Formulário de identificação do candidato à doação de medula (preenchido)

Formulário do Termo de Consentimento (assinado)

 

Unidades onde o cadastramento pode ser realizado

 

Além Paraíba  

Unidades de coleta e transfusão

Belo Horizonte 

Hemocentros

Belo Horizonte

Unidades de coleta e transfusão - Hospital Júlia Kubitschek

Betim   

Unidades de coleta e transfusão

Diamantina

Hemonúcleos

Divinópolis

Hemonúcleos

Governador Valadares

Hemocentros

Ituiutaba

Hemonúcleos

Juiz de Fora

Hemocentros

Manhuaçu

Hemonúcleos

Montes Claros

Hemocentros

Passos

Hemonúcleos

Patos de Minas

Hemonúcleos

Poços de Caldas

Unidades de coleta e transfusão

Ponte Nova

Hemonúcleos

Pouso Alegre

Hemocentros - Pouso Alegre

São João del-Rei

Hemonúcleos - São João del-Rei

Sete Lagoas

Hemonúcleos - Sete Lagoas

Uberaba

Hemocentros - Uberaba

Uberlândia

Hemocentros - Uberlândia

 


Fonte : Rádio Muriaé / Hemominas
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »