04/01/2018 às 10h30min - Atualizada em 04/01/2018 às 10h30min

Leitor diz que árvores cortadas no bairro Três Cruzes estavam saudáveis

O leitor visitou o local e tirou muitas fotos para comprovar que as árvores estavam saudáveis e que o corte foi indiscriminado e indaga: qual o critério utilizado?

O leitor do jornal Leopoldinense, Sandromar Moreira dos Santos envia mensagem à redação, manifestando muita indignação com o corte de árvores ocorrido no bairro Três Cruzes. O leitor visitou o local e tirou muitas fotos para comprovar que as árvores estavam saudáveis e que o corte foi indiscriminado e indaga: qual o critério utilizado?.
 
Diz Sandromar: “Hoje fui novamente ao bairro Três Cruzes, verificar os cortes das árvores que continua sendo feito pelo DNIT. Pude verificar, e as fotos demonstram isso, que os troncos são saudáveis sem vestígio de podridão, e até mesmo árvores jovens foram sacrificadas. Por isso a minha pergunta, qual o critério usado? Quem avaliou e qual a medida técnica foi efetuada para condenar as árvores? O que será feito para repor, pois creio ser um prejuízo para nossa cidade, principalmente para o bairro, perder tão bela paisagem sem uma atitude que amenize a situação. Aqueles que incentivaram tal atitude, o que farão para reparar? Como já disse em matérias anteriores, em Leopoldina é muito fácil cortar árvores e muito difícil plantar. Soube, com espanto, que serão cortadas mais 20 árvores com a proposta de plantio de outras 20. O que me espantou, pois o sucesso de uma muda chegar a fase adulta não é 100%, portanto, o plantio deveria ser bem maior do que o número de árvores cortadas. Peço ao vereador do bairro, Tião Três Cruzes, que tem boa intenção, que leve estes questionamentos a Câmara Municipal”, propõe o leitor.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »