17/01/2018 às 22h14min - Atualizada em 17/01/2018 às 22h14min

Copasa vai assumir esgotamento sanitário de Ubá

Município renova e amplia contrato com a Copasa, em gesto de confiança na atual gestão da empresa

O Prefeito de Ubá, Edson Teixeira e os diretores da Copasa Marco Antônio Teixeira e Sinara Meireles.
Foi assinado em 22 de dezembro de 2017, o contrato entre Copasa e Prefeitura Municipal de Ubá, que estabelece que o município continuará a receber água tratada pela Copasa por mais 30 anos, e, dentro de pouco tempo, também terá esgoto coletado e tratado pela Companhia. As localidades de Ubari, Miragaia, Diamante de Ubá, Colônia Padre Damião, Boa Vista e São Domingos também serão beneficiadas com água tratada e com esgotamento sanitário. Ao todo, os investimentos vão beneficiar mais de 90 mil pessoas com sistema de esgoto e quase 100 mil com abastecimento de água. 

O contrato inclui a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para atender o município. Em 2018 já começam as ações para a coleta do esgoto e a previsão é que, até 2020, mais de 90% desse efluente seja devolvido à natureza somente após rigoroso tratamento, o que beneficia a população e o meio ambiente como um todo. Estão previstos cerca de R$150 milhões de investimentos pela Companhia, nos próximos 10 anos, na cidade.

Segundo o diretor de Operação Sul da Copasa, Frederico Delfino, a escolha da Copasa para atender o município em abastecimento de água e prestação de serviços de esgotamento sanitário demonstra a confiança de Ubá na atual gestão da Companhia. "Em 2015, quando a atual diretoria assumiu, a Copasa estava em uma situação muito difícil, mas, com a adoção de diversas medidas de readequação, hoje a empresa está sadia e tem condições de realizar investimentos nos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário", explica o diretor.

Nova captação no ribeirão dos Bagres

A Copasa também está empreendendo as obras para implantação de uma nova captação de água no ribeirão dos Bagres, no município de Guiricema. A água será transportada até a Estação de Tratamento Peixoto Filho, em Ubá, perfazendo uma distância de aproximadamente 17 km. A Companhia já realizou processo licitatório a partir do qual serão executadas as obras e, para tanto, serão investidos cerca de R$ 26 milhões nessa transposição.

Copasa em Ubá

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais é responsável pelos serviços de abastecimento de água de Ubá desde 1974, mas, o contrato entre as partes estava vencido e vinha sendo prorrogado desde 2014.  Agora, além de renovar a concessão de abastecimento de água, o município escolheu aCopasa para realizar os serviços de esgotamento sanitário nos próximos 30 anos.

Fonte> Secretaria de Estado de Cidades e Integração Regional de Minas Gerais

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »