03/03/2018 às 19h49min - Atualizada em 03/03/2018 às 19h49min

Contribuinte reclama do descaso com a rua que mora onde existe uma cratera há meses

“De um lado, há a cratera e do outro, uma placa sinalizando o princípio de qualquer incógnita obra municipal afunilando ainda mais a rota de trânsito dos veículos”, diz.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
Fotos: João Gabriel Baía Meneghite
O jornalista Vitor Brandão, português de nascimento, mas radicado em Leopoldina há muitos anos, onde reside à rua Rubem Duarte, próximo à sede da Chácara do Desengano S/A, envia mensagem por e-mail à redação do Jornal Leopoldinense, na qual relata o que considera “descaso dos políticos locais na resolução de problemas da sociedade que demandam ações rápidas”.

Ele cita como exemplo “a coleta do lixo em horas impróprias, as sacolas espalhadas pelas calçadas, os buracos frequentes nas ruas e as travessas de pedestres sobre curvas como algumas das realidades indesejadas e comuns em Leopoldina”, relaciona.

“No que tange ao flagrante desleixo para com a coisa pública, temos, por exemplo, na rua Rubem Duarte, um enorme buraco, ou melhor dizendo, uma cratera, que impede o livre trânsito dos automóveis pelo local.”

“O mais caricato é que, de um lado, há a cratera e do outro, uma placa sinalizando o princípio de qualquer incógnita obra municipal afunilando ainda mais a rota de trânsito dos veículos. Isto ocorre há dois meses, sem que haja qualquer atividade que solucione esse problema”, diz o contribuinte.

Ele encerra a sua mensagem observando: “Na situação atual de crise, ocasionada por gastos abusivos, não podemos manter um silêncio comodista, que em nada retrata o sentimento democrático do nosso povo”.



As mensagens ao jornal com críticas, elogios e sugestões podem ser enviadas para os e-mail’s: [email protected] - [email protected] ou [email protected] e ainda pelo WhatsApp: (32) 9-8868-7125

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »