19/03/2018 às 08h43min - Atualizada em 19/03/2018 às 08h43min

Lions Clube Leopoldina lança campanha para angariar novos sócios

Com o slogan> Nos ajude a melhorar o mundo. Seja um Leão!, a campanha disponibiliza um telefone para contato pelos interessados> (32) 98416-8202.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
A pedido do Presidente Mário Jorge Ferreira da Costa, o designer e também CL Cristiano Fófano criou o cartaz que começa a ser divulgado nas mídias sociais com o objetivo de angariar novos sócios para o Lions Clube Leopoldina.

Com o slogan>Nos ajude a melhorar o mundo. Seja um Leão!, a campanha disponibiliza um telefone para contato pelos interessados> (32) 98416-8202.

O jornal Leopoldinense levantou alguns dos objetivos do Lions, entre eles o de oferecer um fórum para a discussão aberta de todas as questões de interesse público, desde que partidarismo político e sectarismo religioso não sejam debatidos pelos associados do clube. 

Encorajar pessoas de mentalidade de serviço a servir suas comunidades sem recompensa financeira pessoal, estimular a eficiência e promover elevado padrão de ética no comércio, indústria, profissões, serviços públicos e empreendimentos privados.

Lutar pelo êxito e pleitear toda remuneração ou lucro que equitativa e justamente mereça, recusando, porém, aqueles que possam acarretar em diminuição da dignidade, devido a vantagem indevida ou conduta duvidosa.

Lembrar que, para ser bem-sucedido nos negócios ou empreendimentos, não é necessário destruir os dos outros. Ser leal com os clientes e sincero comigo mesmo.

Praticar a amizade como um fim e não como um meio. Sustentar que a verdadeira amizade existe e não é o resultado de favores mutuamente prestados, dado que não requer retribuição, pois recebe benefícios com o mesmo espírito desinteressado com que os dá.

Sempre ter em mente meus deveres de cidadania para com o país, o estado e a comunidade, e devotar-lhes lealdade inabalável em palavras, atitudes e conduta. dedicando-lhes, desinteressadamente, tempo, trabalho e recursos.

Ajudar ao próximo, consolando o aflito, fortalecendo o desvalido e socorrendo o necessitado.Ser comedido na crítica e generoso no elogio; construir e não destruir.

História

Em 1917, Melvin Jones, um empresário de Chicago de 38 anos, disse aos membros da associação local de empresários que era necessário ir além das questões empresariais e trabalhar pela melhoria das comunidades em que eles viviam e do mundo. O grupo de Jones, o Business Circleof Chicago, concordou com ele.

Após contato com grupos semelhantes nos Estados Unidos, foi realizada uma reunião organizacional em 7 de junho de 1917 em Chicago, Illinois, EUA. O novo grupo adotou o nome de um dos grupos convidados, a "Associação de Lions Clubes", e uma convenção nacional foi realizada em Dallas, Texas (EUA), em outubro do mesmo ano. Um estatuto, regulamentos, objetivos e um código de ética foram aprovados.

Em três anos, o Lions tornou-se uma organização internacional. Desde então, já nos tornamos referência pela nossa integridade e transparência. Somos uma organização bem administrada, com uma visão sólida, uma missão bem definida e uma longa história de muito orgulho.

Início em 1917

Melvin Jones fez uma pergunta simples, que foi capaz de mudar o mundo: e se as pessoas usassem suas habilidades no trabalho pela melhoria da comunidade em que vivem? Quase 100 anos depois, o Lions ClubsInternational é a maior organização de clubes de serviço do mundo, com 1,35 milhão de associados em mais de 46.000 clubes e inúmeras histórias de Leões agindo pelo mesmo ideal: vamos melhorar nossas comunidades.

1920: Internacionalização

Apenas três anos depois de ser fundado, o Lions tornou-se internacional com a fundação do primeiro clube no Canadá. Depois foi a vez do México, em 1927. Nas décadas de 50 e 60 a expansão internacional intensificou-se com clubes novos na Europa, Ásia e África. 

1925: Erradicação da cegueira 

Helen Keller discursou na Convenção do Lions ClubsInternational em Cedar Point, no estado de Ohio, EUA, e desafiou os Leões a se tornarem "paladinos dos cegos na cruzada contra a escuridão". Desde então, temos trabalhado incansavelmente para ajudar os cegos e deficientes visuais.

1945: Nações Unidas

O ideal de uma organização internacional é exemplificado pela nossa relação duradoura com as Nações Unidas. Fomos umas das primeiras organizações não-governamentais a serem convidadas para colaborar na elaboração da Carta Constitutiva da ONU, e desde então sempre apoiamos o seu trabalho.

1957: Organização de programas juvenis

No final da década de 1950, criamos o Programa Leo para oferecer aos jovens do mundo todo uma oportunidade de desenvolvimento pessoal através do voluntariado. Há cerca de 144 mil Leos e 5.700 Leo clubes em mais de 140 países em todo o mundo.

1968: A nossa Fundação

A Lions ClubsInternational Foundation auxilia os Leões em projetos humanitários globais ou locais de grandes proporções. Através da Fundação, os Leões atendem às necessidades da comunidade em que vivem e também de outras comunidades pelo mundo.

1990: Lançamento do SightFirst

Por meio do SightFirst, o Lions está restituindo a visão e prevenindo a cegueira em escala mundial. Lançado em 1990, os Leões já arrecadaram mais de US$ 346 milhões para esta iniciativa. O SightFirst combate as principais causas da cegueira: catarata, tracoma, oncocercose , cegueira infantil, retinopatia diabética e glaucoma.

Hoje: Extensão do nosso alcance

O Lions ClubsInternational amplia sua missão de serviço a cada dia – nas comunidades locais e em todos os cantos do mundo. As necessidades são imensas e os nossos serviços variados, abrangendo desde a visão, saúde, juventude, idosos até o meio ambiente e auxílio humanitário para vítimas de catástrofes. Nossa rede internacional cresceu e já abrangemais de 200 países e regiões geográficas.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »