26/03/2018 às 19h30min - Atualizada em 26/03/2018 às 19h30min

PT de Leopoldina participa de reunião para trazer ‘Ônibus Lilás’ à Leopoldina

O Ônibus Lilás tem o objetivo trazer para as nossas mulheres os serviços especializados da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência.

Representando o PT de Leopoldina a Jovem Militante Miliele esteve em Juiz de Fora, no dia 20 de março, para participar de reunião com representantes da Subsecretaria de Mulheres da SEDPAC, com o objetivo de organizar a vinda do ‘Ônibus Lilás’ para as cidades da Zona da Mata.
 
Miliele, mulher negra, jovem e mãe, é membro do Diretório Municipal do Partido em Leopoldina, do Coletivo Marisa Letícia e do Setorial de Economia Solidária do PTMG.


Jovem Militante do PT Miliele
 

Na reunião ficou definido que Leopoldina receberá a Caravana de Enfrentamento à Violência contra a Mulher do Campo, da Floresta e das Águas (Caravana do Ônibus Lilás) nos dias 27/03 às 14 horas no Centro Cultural Mauro de Almeida Pereria e às 17 horas em Tebas, e no dia 28/03 em Ribeiro Junqueira, às 09 horas.


Reunião em Juiz de Fora
 
A Caravana composta por um Ônibus Lilás é mais uma ação do Governador Fernando Pimentel e percorrerá toda a Zona da Mata, sob a coordenação da Subsecretária de Políticas para as Mulheres da SEDPAC Isabel Lisboa.
 
O Ônibus Lilás um Projeto criado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Dilma Rousseff como uma das ferramentas do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência Contra a Mulher. 
 
Cabe lembrar que a Secretaria de Políticas para as Mulheres foi extinta após o golpe contra a democracia e a Presidenta Dilma, primeira mulher eleita para o maior cargo do país. 
 
O Ônibus Lilás tem o objetivo trazer para as nossas mulheres os serviços especializados da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência, realizando ações de prevenção, assistência, apuração, investigação e atividades função educativa, com a promoção de palestras e esclarecimentos sobre a Lei Maria da Penha e sua aplicação.
 
Os ônibus são adaptados e equipados com duas salas para o atendimento, com equipe multidisciplinar treinada para a escuta das mulheres vítimas de violência.
 
O Partido dos Trabalhadores de Leopoldina apoia essa ação de Enfrentamento à Violência Contra Mulher. 
 
Fonte>Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Leopoldina.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »