29/04/2018 às 10h41min - Atualizada em 29/04/2018 às 10h41min

Artesãos da feira de artesanato reclamam de Fezes de pombos na praça

Luciano Baía Meneghite
Fotos: Luciano Baía Meneghite 28/04/2018
Um antigo problema volta ser motivo de reclamação. A enorme quantidade de fezes de pombos acumulada nos bancos da praça General Osório, principalmente no entorno de uma amendoeira  ali existente.  Desta vez são alguns artesãos que expõe seus produtos na feira de artesanato que se sentem prejudicados pela sujeira do local.

Segundo especialistas, esse é um problema que pode ser bem minimizado com adoções de medidas que não sejam ambientalmente condenáveis. A redução da oferta de alimento e o uso de anticoncepcionais são considerados formas aceitáveis e mais humanitárias de controle dessas aves.



No caso específico, há tempos foi realizada uma poda radical na referida amendoeira, o que também gerou muitas críticas, já que a árvore oferece boa sombra ao local.

Seja com uma iluminação mais forte no local ou até mudança dos bancos, o que se espera é uma solução para o problema.

Veja matérias relacionadas:


Fezes de aves e sujeira afastam usuários da Praça João XXIII

Figueira cortada na Praça General Osório foi plantada por um taxista há 24 anos

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »