01/05/2018 às 11h40min - Atualizada em 01/05/2018 às 11h40min

Várias Igrejas participaram da ‘Oração por Leopoldina’ na Félix Martins

Cada um dos líderes ali representados orou em favor de causas específicas, na bênção da cidade.

O Momento de oração por Leopoldina reuniu dezenas de pessoas na Praça Félix Martins
A participação de membros de várias Igrejas locais colaborou para o sucesso. Eram quase 20 horas quando começou o momento da oração e que se estendeu até por volta das 21:30, desta segunda-feira, 30 de abril, na Praça Félix Martins.
 
Membros das Igrejas Cristã Esperança Divina, Maranatha, Metodista Bom Pastor, Pentecostal Cristo é Vida, Mundial do Poder de Deus e Colhendo os Rabiscos da Terra e outras denominações não declaradas estiveram no local.
 
Cada um dos líderes ali representados orou em favor de causas específicas, pelas quais cremos na bênção de nossa cidade.
 
O pastor Josué Oliveira esteve orando em favor da cidade de Leopoldina, abrangendo os poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e a Igreja como poder Espiritual e diversos setores.
 
Já o pastor Venildo dos Santos orou em favor do Brasil, fazendo observações acerca de importância da Igreja assumir o papel de fazer a diferença nos processos eleitorais e judiciais, em não ser apóstata dos seus deveres.
 
Pela Igreja Maranatha, o pastor Ricardo Wagner, principal liderança na cidade que trabalha com mais detalhes da comunidade judaica, orou em favor de Israel e de Jerusalém. O pastor relembrou as comemorações dos 70 anos do Estado de Israel reorganizado em 1948.
 
O advogado Emanuel Azevedo esteve presente e orou em favor do Poder Legislativo, ali representado pela vereadora Kélvia Raquel. A pastora Maria das Graças esteve orando pelos pastores e líderes de nossa cidade. Já o pastor Luiz Fernando esteve louvando a canção "Deus Sara esta nação" sob a perspectiva de Leopoldina, ou seja"Deus Sara Leopoldina". Ao final do momento de oração, o pastor Luiz Garbino encerrou orando e agradecendo pelo evento.
 
No fim, o pastor Josué Oliveira agradeceu às Igrejas presentes e ao "Programa da Alegria" do advogado Emanuel Azevedo e ao Jornal Leopoldinense pela divulgação e deixou um convite para um novo momento de oração que deverá ocorrer em junho. 
 
Fonte:Leopoldina News com foto de André Oliveira
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »