05/05/2018 às 17h14min - Atualizada em 05/05/2018 às 17h14min

Formandas da FUPAC tem artigo selecionado para publicação em Fórum Internacional

Intitulado ‘Avaliação de Impacto Ambiental do Lixão de Leopoldina’ texto vai ser publicado em Fórum Internacional de Resíduos Sólidos.

Edição: Luiz Otávio Meneghite
Jéssica Vieira Corrêa e Lunara Cristina de Oliveira Almeida
Duas alunas recém-formadas do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, da FUPAC- Fundação Presidente Antônio Carlos de Leopoldina, Lunara Cristina de Oliveira Almeida e Jéssica Vieira Corrêa, tiveram o artigo intitulado: “Avaliação de Impacto Ambiental do Lixão de Leopoldina-MG, escrito pelas duas com o apoio do Professor e Orientador Fabrício Rainha Ribeiro, selecionado para publicação no Fórum Internacional de Resíduos Sólidos.

Em contato com as duas o jornal Leopoldinense ouviu delas uma narrativa do que foi escrito e que vai ser publicado. Recebemos hoje pelo e-mail a notícia e queremos compartilhar a nossa euforia e satisfação”, disseram.

Eis o que disseram Lunara e Jéssica:

“Não é de hoje que os lixões tem sido a causa de muitos problemas gerados em cidades brasileiras, pois durante o período de chuva e com o lixo depositado de forma incorreta em locais inapropriados, acabam surgindo dois inimigos perigosos, proliferação de doenças e contaminação desenfreada dos solos e conseqüentemente dos lençóis freáticos.

É que expostos ao tempo, muitos objetos como latas, garrafas e pneus velhos acabam acumulando água da chuva se tornando ambiente propício a proliferação do mosquito Aedes aegypti “transmissor da dengue” e outros patôgenos.

Mas infelizmente, o Brasil ainda despeja 30 milhões de toneladas de resíduos por ano de forma inadequada, de acordo com a matéria do G1. Através desse agravante que ainda se encontra em muitas cidades, o nosso objetivo foi realizar um projeto de forma simples para a problemática, que contribuísse para diminuir os problemas causados por lixões a céu aberto, mesmo com o seu encerramento o local continua a sofrer impacto da poluição.

O nosso intuito foi publicar um artigo que acrescentasse mudanças ao meio ambiente de forma positiva, e o que nos impulsionou a essa publicação foi o enaltecimento da banca julgadora do trabalho de conclusão de curso, o tão temido TCC.

Com isso procuramos várias revistas, e o reconhecimento pelo nosso trabalho veio de forma muito rápida, nos deixando orgulhosas e realizadas. Assim a comissão científica cidade bem tratada, juntamente com o Fórum Internacional de Resíduos Sólidos, sendo um evento técnico e científico mais importante do Brasil, fez se imprescindível a publicação do nosso artigo “Avaliação de Impacto Ambiental do Lixão de Leopoldina-MG.

Foto do lixão registrada em outubro de 2017

Segundo a equipe de apoio da comissão científica o trabalho está bem escrito e referenciado, tanto na introdução como nos resultados, sendo aceito sem correções, o que nos deixou ainda mais intusiasmadas.

Conservar, proteger e transformar diz muito sobre o nosso artigo, preocupamo-nos não só com as conseqüências ao meio ambiente, mas a imprescindível importância para a saúde da população.

Como autoras do artigo publicado, nós, Lunara Cristina de Oliveira Almeida e Jéssica Vieira Corrêa formandos da Faculdade Antônio Carlos- FUPAC de Leopoldina agradecemos a todos que de forma direta ou indiretamente apoiaram e incentivaram, em especial ao orientador e amigo Fabrício Rainha Ribeiro, “sem você não seria possível realizar esse sonho que compartilhamos juntas, obrigada!”

Forum Internacional de Resíduos Sólidos - FIRS

O Forum Internacional de Resíduos Sólidos - FIRS consolida-se como o evento técnico e científico mais importante do Brasil no tema resíduos sólidos, apresentando uma visão ampla do assunto que abrange desde estudos acadêmicos até a visão governamental e empresarial, com o propósito de difundir e aprofundar conhecimentos que abordem as causas da existência dos resíduos sólidos, provocando uma reflexão, que leve a uma consciência das suas consequências para a relação sociedade-natureza, histórica e socialmente construída.

A busca de soluções para o gerenciamento adequado dos resíduos sólidos tem se constituído em desafio, tanto para o setor público como para o setor privado. Há preocupação, sobretudo no que concerne à poluição dos recursos hídricos, bem como na compreensão dos mecanismos de biodegradação da massa de rejeito e sua influência no comportamento dos aterros sanitários e, por extensão, na vida das populações.

Os resíduos depositados em “lixões”, além de emitirem gases do efeito estufa, como apresentado na edição anterior do FIRS, são fontes de poluição das águas subterrâneas e do solo. A decomposição dos resíduos pode se estender por décadas após a sua desativação aumentando o potencial de contaminação dos recursos hídricos. Após os poluentes fazerem parte do sistema de fluxo predominante das águas subterrâneas, seguem pelo lençol freático até atingirem as águas superficiais, produzindo modificações significativas nas espécies aquáticas e na saúde humana.

A nona edição do FIRS faz-se imprescindível para dar continuidade às discussões sobre o tema iniciadas nas edições anteriores, para difundir e aprofundar conhecimentos sobre resíduos sólidos e para atender a uma demanda das políticas públicas, dos geradores de resíduos, da indústria, da cadeia de gerenciamento de resíduos e dos centros de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias ambientais.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »