09/06/2018 às 23h11min - Atualizada em 09/06/2018 às 23h11min

Você teria coragem de utilizar o Disque Denúncia 181?

É público e notório que as polícias de uma maneira geral têm dificuldades para solucionar crimes. O simples fato do Disque Denúncia ter sido institucionalizado comprova isso. Ou seja: se não houver uma denúncia popular ficará mais difícil elucidar um crime.

Além da ocorrência de crimes ter se banalizado em nosso cotidiano, a cada dia está mais difícil para a polícia investigar, identificar e prender os suspeitos. Mas a grande questão é: o que você, cidadão de bem, pode fazer para auxiliar a polícia a repreender o crime, de forma preventiva e combativa?

O Disque Denúncia Unificado – DDU é um serviço que o Estado de Minas Gerais, através da Secretaria de Estado de Defesa Social, disponibiliza aos cidadãos mineiros, em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros e em parceria com o Instituto Minas Pela Paz.

O Disque Denúncia consiste em uma central única de recepção, processamento e resposta de denúncias anônimas de crimes e sinistros, que funciona através do tridígito 181, mantendo o anonimato do denunciante. O DDU tem como principais benefícios esperados melhorar a comunicação entre Estado e sociedade, além de recolher e analisar informações que auxiliem na elucidação de ocorrências e na prevenção de delitos.

O Disque Denúncia garante o sigilo absoluto do denunciante, que pode delatar todos os tipos criminosos, assim como policiais corruptos.

Sempre que souber de alguma prática criminosa, ou suspeitar que ela ocorra, ligue para o disque denúncia no Telefone 181. Podemos continuar a nos queixar e reclamar da violência, mas também podemos auxiliar as autoridades a solucionarem os crimes e buscarmos assim viver em uma sociedade melhor. A escolha é sua.

A enquete promovida pelo jornal Leopoldinense pretende saber como pensa o leitor respondendo a seguinte pergunta: Você teria coragem de utilizar o Disque denúncia 181? (Clique aqui para votar)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »