10/07/2018 às 18h14min - Atualizada em 10/07/2018 às 18h14min

Maria Luiza Paixão comemora 100 anos de nascimento

Culto na Igreja Metodista Central de Leopoldina reuniu amigos e familiares

Maria Luiza Paixão e familiares durante culto na Igreja Metodista Central de Leopoldina
Nascida em 05 de julho de 1918 em Água Limpa, perto de Recreio-MG, Maria Luiza Paixão comemorou junto aos amigos e familiares o seu centenário de nascimento. A iniciativa foi da Sociedade de Mulheres Metodistasda Igreja Metodista Central de Leopoldina.

Filha de uma família numerosa, pois eram 11 filhos, experimentou a dura lida na roça, tratando de galinhas, porcos, apanhando lenha e cuidando dos irmãos menores juntocom seus pais Ana Bernardes Gouveia e Luiz Apolinário de Gouveia.

Casou-se com Luiz Abraão Paixão e ainda ficou uns 35 anos morando na zona rural, tendo mais tarde que se mudar para Belo Horizonte onde os seus 9 filhos teriam mais recursos para trabalho e estudo.

Durante o culto em sua homenagem, o Reverendo Ramon Coutinho, assim se expressou “Convivo com Dona Maria Paixão há aproximadamente sete anos. Sou seu pastor na Igreja Metodista Central de Leopoldina, onde ela é membro há 29 anos. Neste dia estamos celebrando seu centenário. Uma grande benção! Se não bastassem razões para celebração, afinal são cem anos, destacamos a forma como ela tem vivido seus dias. Sua vitalidade, sua fé em Deus e sua dedicação como serva do Senhor, que sobressai de forma a impactar a todos nós. Ela é um testemunho vivo do amor, da graça e da misericórdia de Deus. Sua vida não foi fácil e desde criança se impôs aos limites do seu tempo. Resiliente, venceu aos desafios e em Deus se fez vencedora. Quando se converteu ao evangelho se converteu com a mesma força de caráter que lhe é peculiar. De temperamento forte, lúdica, saudável aos cem anos, vejam só, está ciente de seu trabalho como cristã, trabalho que faz com alegria e entusiasmo com todos com quem se encontra. Querida de todos nós, livre, uma mulher além de sua época. Afinal, quem segura Dona Maria? Só Deus! Ela mesmo diz: “Deus é quem sabe”.
Fonte> Igreja Metodista Central de Leopoldina-MG
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »