17/07/2018 às 19h49min - Atualizada em 17/07/2018 às 19h49min

Eleitor pode pedir transferência temporária de título até 23 de agosto para votar em trânsito

Período de solicitação já começou e transferência pode ser realizada Cartório Eleitoral da 161ª Zona Eleitoral de Leopoldina

Funcionários do Cartório da 161ª Zona Eleitoral de Leopoldina
O Cartório da 161ª Zona Eleitoral de Leopoldina informou que foi iniciado nesta terça-feira, 17 de julho, o prazo para que os eleitores que não estiverem em seu domicílio eleitoral no dia da eleição possam votar em trânsito nos municípios com mais de 100 mil eleitores, tendo que solicitar transferência temporária de seção eleitoral para as eleições de 2018. O período de solicitação se estende até o dia 23 de agosto e a transferência pode ser realizada em qualquer Cartório Eleitoral do país.

Em conformidade com a resolução do TSE nº 23.554/2017, apenas os eleitores que se enquadrarem nas seguintes situações podem requerer a transferência: eleitores em trânsito no território nacional: membros das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícias Civis, Polícias Militares, Corpos de Bombeiros Militares e Guardas Municipais, que estiverem em serviço por ocasião das eleições; presos provisórios e adolescentes em unidades de internação.

O eleitor transferido temporariamente estará desabilitado para votar na sua seção de origem e habilitado em seção do local indicado no momento da solicitação. Além disso, as inscrições dos eleitores que se transferiram temporariamente voltam a figurar automaticamente nas seções eleitorais de origem após o encerramento das eleições.

O TRE-MGinformou que eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida poderão solicitar transferência temporária para uma seção com acessibilidade dentro do mesmo município onde votam.

Mais informações podem ser obtidas na sede do Cartório da 161ª Zona Eleitoral de Leopoldina, localizada na rua Padre Julionº  45 - Telefone (32) 3441 5160 ou pelo nº 148 para todo o Estado.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »