13/08/2014 às 09h51min - Atualizada em 13/08/2014 às 09h51min

Armas de fogo e munição de uso restrito são apreendidas em propriedade rural

Material apreendido pela Polícia Militar

Militares da patrulha rural receberam informações de que o proprietário de uma fazenda situada na zona rural de São Sebastião da Vargem Alegre estaria de posse de uma grande quantidade de armas de fogo e munições; que tal propriedade rural estaria situada na localidade do “Canteiro”, repassando tais informações ao comandante do pelotão de Mirai que juntamente com militares de São Sebastião da Vargem Alegre e do serviço de inteligência da 146ª Cia PM passaram a colher maiores informações sobre os fatos; vislumbrando-se com maior evidencia o nome do proprietário da fazenda. Na data de hoje (12) foi montada uma equipe composta por vários policiais que deslocaram até a citada fazenda; onde uma senhora, que foi identificada ao ser cientificada do teor das denúncias, prontamente permitiu a entrada dos policiais no local para que fosse realizada uma busca domiciliar, alegando desconhecer qualquer material ilícito no local. 

Durante as buscas foram localizados os seguintes materiais: 

  • uma espingarda calibre .32 com numeração ilegível sem munição;
  • um revólver calibre .22 marca Rossi cromado carregado com sete munições sendo cinco intactas e duas deflagradas;
  • um pote contendo em seu interior oito munições calibre .38 sendo sete intactas e uma deflagrada; 
  • três munições intactas calibre 7.62, uma munição intacta calibre .45,
  • duas munições deflagradas calibre 12 (uso restrito) e
  • uma sacola plástica contendo vários apetrechos comumente utilizados para o recarregamento de munições (chumbo, pólvora, espoleta e cartuchos vazios de calibre 32 além de uma motosserra, duas roçadeiras e uma rede de pesca).

O proprietário da residência chegou ao local sendo informado sobre as denúncias e sobre os materiais encontrados pelos policiais tendo dito em primeiro momento que pertenceriam a seu pai e posteriormente que desconhecia a existência dos materiais encontrados no local, se negando a esclarecer a origem das munições de uso restrito localizadas em sua propriedade rural.  

Ele foi preso e informado de seus direitos constitucionais, sendo encaminhado à delegacia de polícia.

Fonte:1º SGT Gilmar Moura Bretas, CMT do 3º PEL PM e Cabo Norte


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »