19/08/2018 às 13h25min - Atualizada em 19/08/2018 às 13h25min

Alunos do Parlamento Jovem 2018 priorizam propostas para Plenária Estadual

Foram discutidas 13 propostas e priorizadas 7 sete sugestões, das quais 4 são de origem de Leopoldina, que irão compor o documento que o polo defenderá em Belo Horizonte

De 7 sete sugestões priorizadas 4 são de origem de Leopoldina
Os alunos participantes do Polo Regional Zona da Mata I, formado por Leopoldina, Matias Barbosa, Mar de Espanha, Santos Dumont, Chiador, Olaria e Bicas, definiram as sete propostas que serão levadas para a etapa estadual do Parlamento Jovem 2018.

A escolha aconteceu em plenária regional realizada na última terça-feira (14), na sede da Câmara Municipal de Matias Barbosa. Neste ano, os estudantes tiveram o desafio de debater e propor sugestões sobre o tema “Violência contra a Mulher”.

Nessa etapa do projeto, os jovens discutiram treze propostas e priorizaram sete sugestões que irão compor o documento que o polo defenderá na etapa estadual. Das sete propostas priorizadas para Belo Horizonte, quatro são de origem de Leopoldina. Algumas foram aglutinadas com sugestões das demais cidades em virtude da semelhança de objetivos;

Subtema 1 – Violência doméstica e familiar – Proposta: Criar um grupo de trabalho multidisciplinar de prevenção à violência contra as mulheres dentro das escolas públicas, onde haja esclarecimentos e apoio com profissionais da área de pedagogia, assistentes sociais e psicólogos, para monitorar o comportamento de crianças que possam estar sendo vítimas de violência doméstica ou mesmo presenciando a violência contra a mulher.

Subtema 2 – Violência nos espaços institucionais de poder – Proposta 1: Disponibilizar acesso às informações sobre o que é assédio sexual em espaços institucionais por meio de palestras e projetos, incluindo um centro de denúncias para a possível pena em forma de suspensão ou advertência para os agressores;  Proposta 2: Fomentar a capacitação de profissionais (servidores públicos, polícia civil e militar), para atendimento às vítimas de violência contra a mulher em todos os espaços institucionais e em todas as cidades, objetivando a humanização dos atendimentos e a desmistificação da culpabilização e da ridicularização da própria vítima.

Subtema 3 – Violência e abuso sexual – Proposta: Criar nos municípios uma semana de conscientização sobre o assédio sexual, conscientizando a população dos índices, através de palestras, teatros, jogos, entre outros.

Durante a plenária, foram escolhidos os jovens que irão representar o polo na etapa estadual, que acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de setembro. A escolhida para representar Leopoldina foi a aluna Elisa de Oliveira Almeida da Silva (Escola Estadual Prof. Botelho Reis), tendo como suplente João Luiz Sobral Couto (Escola Estadual Luiz Salgado Lima). Os estudantes também escolheram “Racismo” como tema a ser proposto em Belo Horizonte para a edição do Parlamento Jovem de 2019.

Fonte> Câmara Municipal de Leopoldina

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »