01/09/2018 às 18h15min - Atualizada em 01/09/2018 às 18h15min

Prefeitura quer contratar Técnico em Abordagem Social para lidar com indivíduos vulneráveis

O salário é de R$1,187,62 + R$350,00 de auxílio alimentação, totalizando R$1.537,62 para trabalhar 30 horas semanais em regime de escala de segunda a domingo.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Contratado vai lidar com indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social.
A Prefeitura de Leopoldina abre nesta segunda-feira, 3 de setembro, inscrições para os interessados em participar de processo seletivo, visando à contratação temporária de profissional para desempenhar a função de Técnico em Abordagem Social, para atuar junto à Secretaria Municipal de Assistência Social no atendimento a famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social.

As inscrições serão recebidas até quinta-feira, 06 de setembro de, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, situada à Rua Tiradentes, 112, Centro, no horário de 12h às 16h.A inscrição é gratuita, cabendo ao interessado as despesas decorrentes da documentação exigida pelo presente Edital.

De acordo com a publicação feita no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, na sexta-feira, 31 de agosto de 2018 existe apenas uma vaga, mas a seleção valerá também para cadastro de reserva e a contratação será por tempo determinado de seis meses podendo ser prorrogado por igual período.

A jornada de trabalho será de 30 horas semanais, a qual deverá ser cumprida mediante escala e compensação de horário realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social, entre os horários de 8:00 e 22:00, de segunda-feira à domingo, sendo requisito para investidura, a disponibilidade de atendimento à demanda de horário flexível, desde que respeitada a jornada estabelecida e o repouso semanal obrigatório.

O salário é de R$1,187,62 + R$350,00 de auxílio alimentação, totalizando R$1.537,62 sendo o pagamento do profissional aprovado por esta Seleção será efetuado com recursos públicos financeiros e orçamentários do Município, contidos no Fundo Municipal de Assistência Social e com recursos do Fundo Nacional de Assistência Social e do Fundo Estadual de Assistência Social.

Perfil e habilidades exigidos do profissional

O profissional a ser selecionado deverá terá capacidade de cumprir a metodologia e protocolos, sob orientação de profissional de nível superior da equipe de referência do CREAS, e de observar princípios e diretrizes da Política de Assistência Social no exercício da função;Conhecimento e desejável experiência de trabalho em equipe interdisciplinar e trabalho;Conhecimento e habilidades para escuta qualificada de famílias e indivíduos;Desejável experiência no atendimento a famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social e habilidades para trabalhar com imprevistos, ouvir e dialogar sem posturas de julgamento, se comunicar em linguagem acessível.

Fontes> Secretaria Municipal de Assistência Social e Diário Oficial dos Municípios Mineiros

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »