12/09/2018 às 19h19min - Atualizada em 12/09/2018 às 19h19min

Parlamento Jovem de Minas 2018 entra na reta final

Grupo de jovens representantes de todo o Estado chega à Assembleia na próxima semana para a etapa estadual.

De 7 sete sugestões priorizadas 4 são de origem de Leopoldina
A edição 2018 do Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas)está chegando à etapa final. Ao longo de quase um ano, centenas de estudantes de 81 municípios mineiros se debruçaram sobre o tema "Violência contra a mulher", participaram de oficinas, ouviram depoimentos, foram às ruas para conversar com a população e esmiuçaram a Lei Maria da Penha.

Veja matéria relacionada publicada no Jornal Leopoldinense no link abaixo:


  Alunos do Parlamento Jovem 2018 priorizam propostas para Plenária Estadual

Na quarta-feira (19/9/18), cerca de 120 desses jovens, representantes de todas as regiões do Estado, chegam à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para a Etapa Estadual 2018  do projeto, que vai até sexta-feira 21 de setembro.

Durante a etapa estadual, eles participarão de uma série de atividades, analisarão e votarão as propostas que foram levantadas nas etapas anteriores e que, na opinião deles, devem ser priorizadas para combater a violência contra a mulher. O resultado de todo esse processo se transformará em um documento a ser encaminhado à Comissão de Participação Popular do Parlamento mineiro.

O PJ Minas é uma iniciativa de educação para a cidadania da Assembleia de Minas, por meio da Escola do Legislativo (ELE), realizada em parceria com dezenas de câmaras municipais. Este ano, participaram 81 municípios e mais de 2,8 mil estudantes do ensino médio.

Trajetória - Esta é a 15ª edição do projeto, que começou em 2004, com apenas seis escolas de Belo Horizonte, e que hoje se consolida com uma das práticas participativas mais exitosas da ALMG. Nos últimos anos, o Parlamento Jovem de Minas também se tornou um dos principais instrumentos de interação entre as câmaras municipais mineiras e a população.

Tema para 2019 já será definido agora

Como tudo no projeto, a escolha do tema do PJ Minas é uma construção coletiva, que começa sempre no ano anterior, na etapa municipal. Durante a discussão do tema do ano corrente, os estudantes participam de palestras, oficinas e debates também para levantar assuntos que podem ser o destaque do próximo ano.

O município leva sua sugestão de tema para votação na plenária regional, e ali é definido um tema único do polo. Para 2019, foram sugeridos temas como “Etnocentrismo”, “Depressão na juventude”, “Aborto, discriminação e liberdade de expressão na era digital”, “Maus‑tratos contra os animais” e “Violência contra a população LGBT”. 

As sugestões dos polos são encaminhadas depois para a ALMG, onde uma equipe de consultores faz a análise e a compilação dos temas, para que depois a coordenação estadual priorize as três propostas que os estudantes apreciarão na etapa estadual. 

E foi assim, após esse processo, que foram escolhidas as três propostas a serem apreciados para definição do tema do PJ Minas 2019: “Jovem no mercado de trabalho”, “Preconceito racial”, “Bullying, ciberbullying e Liberdade de expressão”. Uma dessas será eleita na plenária final e amplamente discutida no próximo ano.

Assessoria de Imprensa da ALMG-Gerência-Geral de Imprensa e Divulgação

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »