14/08/2014 às 08h42min - Atualizada em 14/08/2014 às 08h42min

Pimentel garante fortalecimento da UEMG e direitos de servidores

Candidato a governador recebe professores e assegura que instituições ligadas à UEMG não serão fechadas

.
Candidato recebe professores e assegura que instituições ligadas à UEMG não serão fechadas.( Divulgação)

O candidato a governador pela coligação Minas Pra Você, Fernando Pimentel (PT), recebeu nesta terça-feira, 12/8, em Divinópolis, região Centro-oeste de Minas, professores da Fundação Educacional de Divinópolis (Funedi).

Eles estão preocupados com o atual processo de incorporação da instituição pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG). Os professores passaram ao candidato do PT carta enviada ao governo do estado, onde pedem mais transparência e diálogo no processo.

O professor do curso de Psicologia da Funedi, André Amorim Martins, disse que será necessário um concurso para contratação de professores e que os alunos estão sem saber o que irá ocorrer com o centro educacional.

“Não sabemos como vai ser o processo de estadualização, os próprios alunos estão com medo. A universidade não pode ser abandonada”, afirmou.

O temor deve-se ao fato de que a maior parte dos professores da UEMG foi contratada pela Lei 100, do governo do estado. A lei autorizou a contratação de mais de 90 mil servidores da educação sem concurso público.

Agora, por determinação da Justiça, esses servidores podem perder seus cargos, o que afetaria diretamente a UEMG – e, por tabela, a Funedi, que está sendo encampada pela universidade estadual. Pimentel assegurou que, se eleito, as universidades estaduais serão preservadas, bem com os direitos dos servidores.

“Nós vamos evitar o fechamento das universidades estaduais, porque a maior parte desse contingente de funcionários e professores (da Lei 100) está justamente nessas instituições”, observou.

Pimentel também afirmou que “vai procurar preservar os direitos daqueles que foram vítimas da irresponsabilidade do estado”.

Ainda em Divinópolis, o candidato participou de plenária na paróquia Santo Antônio acompanhado de deputados e do candidato a senador pela coligação Minas Pra Você, Josué Alencar (PMDB).

Em seu discurso, defendeu a continuidade de programas sociais dos governos Lula e Dilma, como o Minha Casa, Minha Vida (maior programa de habitação popular do mundo) e o Pronatec (programa de ensino técnico).

Pimentel também assegurou que outro projeto prioritário para a região será a conclusão das obras do Hospital Regional de Divinópolis e a recuperação do Hospital Filantrópico São João de Deus, que passa por grave crise financeira.

O ex-ministro de Desenvolvimento também se reuniu com empresários da região na sede regional da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Os empresários pediram, principalmente, a simplificação da legislação tributária do estado e redução de impostos. Pimentel lembrou que essas já são duas bandeiras de seu programa de governo.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »