19/11/2018 às 08h46min - Atualizada em 19/11/2018 às 08h46min

Você acredita na existência de funcionários fantasmas no serviço público?

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Ilustração de Luciano Baia Meneghite em 19/05/2009
Uma matéria publicada em 1º de novembro de 2018, no jornal O Tempo, assinada pelo jornalista Lucas Ragazzi revelou que um morador da cidade de Teófilo Otoni, foi surpreendido, em setembro deste ano, ao ser informado pelo Ministério do Trabalho de que estava lotado no sistema previdenciário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) desde 2011. Segundo a matéria, a informação causou espanto na pessoa, uma vez que ela diz que nunca trabalhou na Casa nem “passou na porta da Assembleia” em sua vida.

Após a descoberta, o cidadão levou a informação ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), que abriu inquérito para investigar o caso. A suspeita é que uma pessoa, ainda desconhecida, possa ter usado os dados do homem para fraudar o sistema de pagamentos da ALMG e lucrar com os vencimentos que, originalmente, deveriam ir para o suposto servidor da Casa.

Mais recentemente o noticiário trouxe a público que um conhecido deputado federal mineiro mantém trabalhando em sua residência de Belo Horizonte, vários funcionários lotados na Câmara dos Deputados, em Brasília-DF. Segundo a notícia, as funções exercidas por esses funcionários são domésticas e bem distintas dos cargos para os quais foram nomeados.

Após a publicação surgiram muitos comentários na internet e nas rodas de conversas entre amigos reforçando a suspeita de que casos da mesma natureza existem aos montes nas várias esferas de serviços públicos. São os ‘fantasmas’ que aparecem contratados oficialmente na lista de funcionários de um órgão público, constam regularmente na folha de pagamento, mas que não comparecem ao trabalho.

Aqui mesmo em Leopoldina surgiram nomes de pessoas supostamente lotadas em gabinetes de deputados e órgãos federais ou estaduais, que não precisam bater ponto no local de trabalho. Acatando sugestão de leitores, o Jornal Leopoldinense resolveu colocar em votação a seguinte enquete:

Você acredita na existência de funcionários fantasmas no serviço público? As opções de respostas são as seguintes:
- Sim
- Não

- É só investigar que encontram muitos.
CLIQUE PARA VOTAR

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »