26/11/2018 às 18h50min - Atualizada em 27/11/2018 às 11h15min

Polivalente realizou 5ª edição do Concurso Beleza Brasileira e 2º Concurso Miss e Mister Miscigenação

Os dois eventos foram realizados no dia 21 de novembro, um pela manhã e outro à noite.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
A Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho (Polivalente) realizou no dia 21 de novembro de 2018, a 5º edição do Concurso Beleza Brasileira Feminino e Masculino e o 2º Concurso Miss e Mister Miscigenação 2018. Os dois eventos tiveram por objetivo evidenciar a riqueza que há na diversidade de nosso povo brasileiro sendo ele o país mais miscigenado do mundo.
 
Neste sentido o Concurso Beleza Brasileira realizado na parte da manhã, com orientação da  Supervisora Pedagógica, Eloisa Soares Fialho Portugal, tratou este conceito no sentido mais abrangente, buscando evidenciar esta diversidade,   destacando que “a beleza não tem que seguir padrões pré estabelecidos e pode ser realçada em cada um de nós a partir do momento que nos reconhecemos dentro de nosso contexto histórico  e nos empoderamos  com o conhecimento de nossas próprias  origens nos orgulhando delas”.
 
Ela lembrou a frase de Nelson Mandela “Quando deixamos nossa luz própria brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazermos o mesmo”,... “que ilustra muito bem o que acontece com os alunos quando participam de projetos como este que valoriza e enaltece a pessoa de cada um como ele é, ampliando o olhar para vôos sempre mais altos. Percebemos assim, que a escola funciona como um grande motor na estimulação do desenvolvimento humano e a liberdade  é  o resultado de milhões de atos de resistência e hoje o mesmo com a chuva que caia lá fora o sol brilhou esfuziante dentro de nossa escola”!



2º Concurso Miss e Mister Miscigenação 2018

Na mesma data, porém à noite, a Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho realizou o seu 2º Concurso Miss e Mister Miscigenação 2018. O termo Miscigenação foi escolhido pela Supervisora Pedagógica Viviane Rodrigues e toda a equipe de professores da EJA e Ensino Técnico como uma maneira de mostrar a diversidade do nosso povo e a beleza, graça e desenvoltura da população brasileira representada na figura dos alunos que participam e abrilhantam nossa noite de glamour.

Na Semana de Educação para a Vida comemorou-se também o dia da Consciência Negra. Durante a semana atividades foram desenvolvidas para que os alunos pudessem ir ao encontro com o passado de um país de suas raízes e povo de origem, que com o tempo misturaram-se e deram origem a nossa raça.

“Num momento em que se fala em intolerância racial, de gênero e misóginos, nossos alunos viram a necessidade e dever demonstrar que nosso povo não precisa lutar contra suas origens e sim compreendê-las e celebrá-las. O nosso concurso realizado pelo curso EJA e Técnico em Administração e Agente Comunitário honra nosso passado e lança uma visão de igualdade para o futuro. Agradecemos a todos pela participação, empenho e colaboração”, disse a diretora Benedita do Rosário Resende ‘Zazaia’.

Com informações da Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho (Polivalente)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »