15/08/2014 às 15h43min - Atualizada em 15/08/2014 às 15h43min

Reunião Especial da vai homenagear Maçonaria

Deputados celebram em Plenário a passagem do Dia do Maçom (20 de agosto).

.

Na próxima quinta-feira (21/8/14), às 20 horas, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) homenageia a Maçonaria, lembrando a comemoração, em 20 de agosto, do Dia do Maçom. A Reunião Especial foi solicitada pelo deputado Fabiano Tolentino (PPS).

Durante a cerimônia, receberão placas alusivas à homenagem e farão pronunciamentos os representantes das três grandes lojas maçônicas de Minas Gerais: Grande Oriente do Brasil - Minas Gerais, Grande Oriente Minas Gerais e Grande Loja Maçônica de Minas Gerais.

A Maçonaria é uma sociedade fraternal, de caráter universal, cujos membros cultivam os princípios de: liberdade dos indivíduos e dos grupos humanos, sejam eles instituições, raças ou nações; igualdade de direitos e obrigações dos seres e grupos sem distinguir religião, raça ou nacionalidade; fraternidade entre os homens; democracia e aperfeiçoamento intelectual.

Maior e mais antiga organização fraternal da Terra, a Maçonaria teve início durante a Idade Média, segundo a maioria dos estudiosos, a partir do desenvolvimento das sociedades também conhecidas como guildas dos construtores das catedrais e castelos.

Há ainda evidências de que, em seus primórdios, a organização foi influenciada pela Ordem dos Cavaleiros Templários, um grupo de monges, cristãos e guerreiros formado em 1.118 para ajudar e proteger peregrinos em suas viagens à Terra Santa.

Estima-se que, atualmente, existam seis milhões de maçons espalhados pelos cinco continentes. Destes, 3,2 milhões (58%) se concentram nos Estados Unidos, 1,2 milhão (22%) no Reino Unido e um milhão (20%) no resto do mundo. No Brasil são aproximadamente 150 mil maçons regulares (2,7%), organizados em cerca de cinco mil Lojas Maçônicas.

Assessoria de Imprensa da ALMG


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »