04/03/2019 às 08h38min - Atualizada em 04/03/2019 às 08h38min

Crescimento do Bloco Cooper Beer surpreende organizadores

O bloco caricato é independente e seus membros se reúnem com bastante antecedência da data do carnaval para arrecadar dinheiro e planejar o encontro.

João Gabriel B. Meneghite
Em 2004, um grupo de amigos resolveu percorrer de bar em bar no domingo de carnaval. A ideia foi tão divertida que, nos anos seguintes, mantiveram a tradição, surgindo o Bloco Cooper Beer, que virou uma das principais atrações do carnaval de Leopoldina.

O bloco caricato é independente e seus membros se reúnem com bastante antecedência do carnaval para arrecadar dinheiro e planejar o encontro.

Neste ano, as lideranças do bloco encomendaram um boneco gigante que representa o saudoso carteiro Homero, que foi um dos grandes incentivadores do Cooper Beer. A criação foi do artista leopoldinense Luciano Baia Meneghite.

Com o objetivo de estimular o uso de fantasias, resgatando a tradição do carnaval, existe um concurso que define os melhores e piores vestuários, premiando os participantes. A cada bar que os foliões param, os proprietários indicam os finalistas, sendo o vencedor escolhido pelo publico presente no momento da festa. Há também premiações para o público infantil.

Paulo Lucio Carteirinho  é um dos incentivadores do Bloco Cooper Beer. Ele ficou contente com a participação de mais pessoas, demonstrando o crescimento do bloco. "É bonito ver todo mundo fantasiado. Esse resgate do carnaval popular de rua é muito importante", comentou.

A concentração aconteceu no final da manhã de domingo, 03 de março, no Bar do Leôncio, na Praça do Rosário. Posteriormente, percorreram por vários bares, até chegar ao destino final – Bar do Batata, localizado no Bairro Fábrica, onde houve shows com Bandas de Rock.

Confira algumas imagens registradas:
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »