07/03/2019 às 16h49min - Atualizada em 07/03/2019 às 16h49min

Segundo leilão da parte superior do Shopping LAC também não teve licitantes

Foi incluída no leilão a garagem coletiva com 88 vagas numa área de 2.574,37 metros quadrados com avaliação de R$ R$5.965.855,00

Luiz Otávio Meneghite
Parte superior do Shopping LAC que foi a leilão.(Foto de João Gabriel Baia Meneghite
O segundo pregão de vendas e arrematação da garagem coletiva com 88 vagas numa área de 2.574,37 metros quadrados, com todas as instalações localizadas no segundo pavimento do Condomínio Edifício LAC, localizado na Rua Doutor Custódio Junqueira esquina com a Praça João XXIII, em Leopoldina, foi considerado frustrado por falta de licitantes, segundo informação do advogado Rafael Vargas Ponte, que representa cerca de 200 empregados demitidos pela  LAC.

De acordo com o Edital divulgado pela Justiça do Trabalho, o imóvel foi avaliado em R$5.965.855,00 e o leilão se destinava a quitação de dívidas trabalhistas que envolvem os empregados dispensados da Cooperativa dos Produtores de Leite de Leopoldina Ltda., que é a proprietária do imóvel.

Na descrição do imóvel no edital, foi a leilão o chão e o teto de concreto na laje, 1 guarita, 2 escadas de acesso para lojas do Shopping  LAC, um poço /acesso para elevador, instalações elétricas e hidráulicas e rampa de acesso ao imóvel. Mas, infelizmente, não houve manifestação de interessados em participar do leilão.

O edital publicado no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho havia marcado um primeiro certame para o dia 13 de fevereiro para o qual não houve licitantes nem adjudicação. Com isso, o  leilão, então,  ficou designado para o dia 27 de fevereiro de 2019, a partir das 13:00 horas, na Alameda Francisco Peixoto Filho nº 105, Bairro Granjaria, em Cataguases, sob a presidência do Juiz Vara da Justiça do Trabalho de Cataguases, Dr. Luiz Olympio Brandão Vidal.

Se houvesse lanço vencedor ofertado este seria objeto de futura apreciação pelo Juízo, que poderia ou não homologar o leilão realizado e julgar o mesmo válido ou vil.

Os documentos relacionados ao leilão e ao imóvel só poderão ser acessados via internet no  endereço: https://pje.trt3.jus.br/documentos

Representa os empregados dispensados, o advogado Rafael Vargas Ponte e a Cooperativa dos Produtores de Leite de Leopoldina, o advogado Marcos Almeida Junqueira Reis. Falando ao Jornal Leopoldinense, o advogado Rafael Vargas Ponte informou que ainda está analisando as próximas ações.

Fontes> Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho e Arquivo do Jornal Leopoldinense

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »